Sobre Empatia

Bom, eu não sou psicóloga e não estudei sobre comportamentos humanos, mas aqui eu vou falar de algumas coisas que eu vejo por aí e que me levam a questionar: As pessoas hoje em dia se acham no direito de julgar. Julgar a tudo. Julgar a todos. E com base em que? na sua própria vida. Acham que podem e que tem ” propriedade ” pra julgar todas as áreas da vida de uma pessoa baseada no que ela vive, no que ela sente, e nas pessoas que ela convive. ”  Entenda que, as pessoas não tem o mesmo psicológico, elas não conseguem lidar da mesma forma perante a mesma situação, algumas são mais fortes, e outras mais frágeis, algumas tiram de letra e outras não conseguem ou não sabem fazer o mesmo, e cara, tudo bem, está tudo bem também! Você não passou pela mesma situação que ela passou e mesmo se passasse por exatamente a mesma situação, você passaria com o teu jeito, a tua visão da vida, a tua convivência familiar, de amizade ou de relacionamento, a tua convivência no trabalho, a tua experiência de vida, seria tudo, baseado nas tuas características, não nas daquela pessoa. Você não conhece a história dela, suas características, seus medos, suas dificuldades, você não conhece e  não tem como conhecer o porquê de ela agir assim.

Alguns exemplos de situações comuns em que as pessoas não tem empatia:

Família: você tem um pai e uma mãe incrível, e alguém diz pra você que tem problema com o pai ou com a mãe, você olha pra ele e diz ” nossa que ingrato, que pessoa horrível, ” — é teu pai, é a tua mãe, você não pode fazer isso.” … Nem todos os pais do mundo são iguais aos teus pais, tem pai que não faz papel de pai, tem mãe que não faz papel de mãe. Tem pai que só pensa em si e faz mal ao filho e tem mãe que só pensa em si e faz mal pro filho. Não queira obrigar alguém a conviver com alguém que não lhe faz bem.

Relacionamento: O teu relacionamento é muito bom, o teu namorado é incrível, atencioso a bababa, aí você vê pessoas que tem dificuldades, pessoas que aceitam agressão, ou coisas que deixam elas infelizes, que não estão satisfeitas mas mesmo assim continuam no relacionamento, aí você vai lá e fala: Ah por que aceita por que gosta por que tem que sofrer mesmo ... ninguém gosta de sofrer, ninguém olha pra uma coisa e pensa ” ah vou sofrer, então vou lá “, não, isso não acontece. Existe todo um processo por trás, se ela faz o que faz é por que existe algum motivo que leva ela a fazer isso. Que você pode não entender ou não enxergar, mas que pra ela é importante e faz sentido.

Depressão e ansiedade: 

 Eu já passei por muita dificuldade e não fiquei com nenhuma depressão nem ansiedade ” … cara que bom que incrível mesmo que você já teve dificuldade e não teve ansiedade e depressão, mas nem todas as pessoas são como você, nem todas as pessoas conseguem reagir da mesma forma que você as dificuldades — não chame ela de fraca por que ela tem ansiedade ou depressão — você não conhece e nem sente o dia a dia, não sabe da rotina e todas as características dessa pessoa, não julgue – a baseada nas tuas próprias características.

” Esses jovens de hoje não passam por nada e são cheios de ansiedade e depressão.” … Mais uma vez, as pessoas não tem o mesmo psicológico, elas não conseguem lidar da mesma forma com a mesma situação, elas tem motivos e características pra estarem e terem o que tem, existe todo um processo por trás do que você é capaz de enxergar. 

Existem pessoas que não conseguem abandonar situações que as incomodam por vários e vários motivos, existem pessoas que na primeira oportunidade PUM, já foi embora. São pessoas diferentes, com vidas e características diferentes. Existe alguém que passa um momento de dificuldade e é difícil ( não que não seja, é sim ), mas é super de boas, ela vai lá e faz, e tira de letra, assim como tem alguém que pra essa pessoa é muito mais difícil fazer a mesma coisa com exatamente e mesma situação e ela não sabe ou não consegue fazer o mesmo, por que as pessoas não tem a mesma forma de lidar com a mesma coisa. E isso é normal. É muito fácil julgar a vida as ações do outro, baseado na tua vida e no teu jeito de lidar com as coisas. Por que mais uma vez, mesmo que você passasse pela mesma situação, seria com o teu jeito e a tua cabeça, não a daquela pessoa. 

O que eu quero dizer com tudo isso é, as pessoas julgam demais. A tua vida não é base pras demais vidas. Você pode ser de um jeito, e o teu próximo ser de outro. E tá tudo bem. Você não precisa fazer o mesmo, achar que é certo ou aceitar. Mas tenha respeito aos problemas dos outros, a vida dos outros. Respeite – os. Tenha carinho com o próximo. Não existe só um lado, só um jeito, existem várias, todos somos humanos, vamos no respeitar e acarinhar! Tente compreender alguém hoje. Seja mais consciente. Tenha mais empatia, o mundo tá precisando urgentemente de empatia. 

Ame e seja livre ao mesmo tempo

esse

” Não se prenda a ninguém, pois se te soltarem você cai.” – Tati Bernardi. 

Sim, isso mesmo que você leu aí. Dá pra fazer os dois? claro que dá. Na verdade é o essencial. Você pode ama – lo muito, mas primeiro ame você. Ache as ideias dele incríveis e tudo que ele fala encantador, mas lembre que as suas ideias e seus desejos e vontades também são importantes. O tempo com ele é maravilhoso e vocês riem muito juntos, mas o teu tempo também é muito importante, tuas coisas, tua vida, teus planos, teus objetivos. Ele é importante, é, mas você é tão importante quanto. Ame a ele, mas ame a você e tudo que te cerca, ame o que você faz, as coisas que descobre no mundo lá fora, as coisas que tem como objetivo e pretende fazer, procure coisas que você se interesse e foque nelas e tente, leia um livro sozinha, veja um bom filme sozinha também, tome um bom café e planeje o teu dia sozinha também, tenha prazer em estar sozinha. 

Porque aí ele não vai se tornar a parte mais importante do teu dia, nem a atração principal da tua vida, ele vai ser apenas mais uma felicidade que agrega ao teu dia, ele tem que somar a tua vida, não ser a tua vida. Ame ele, mas ame a sua própria companhia também. Se sinta livre e seja livre, até por que, sendo livre, você vai deixar ele ser livre também, e liberdade é uma coisa muito importante em uma relação, moldar toda a sua vida e seu tempo a outra pessoa não é bom, lembre, você tem que conciliar sua vida a de seu companheiro, não moldar ela a dele, é ganho, não é perda.  Tenha o tempo com ele, mas tenha o tempo com você, e procure coisas das quais façam você gostar daquele tempinho pra você, por que cara, aí quando você ver ele, ele vai estar até mais bonito, sabe por que? por que ele vai somar a  sua vida, e a sensação de estar com alguém mas lá dentro do coração se sentir completa e feliz também, é incrível.

Não se prenda a rotina dele, as coisas dele, apenas concilie a sua rotina e as suas coisas as dele. É um quebra cabeça, e um quebra cabeça precisa de várias peças pra forma – lo, uma peça apenas não consegue forma – lo. Faça por ele, mas faça por você. Tenha o dele, e tenha o seu. Por que, se um dia ele te soltar, você ainda vai ter tudo que precisa ter, você. 

Pensa nisso nos dias ruins

esse 1

Sempre que o medo bater, que o desanimo e a dúvida, que você se perguntar se vale a pena, se é ela mesmo, quando os dias, semanas e até um mês ruim bater, sempre que o medo bater, para um pouco, faz um café, e dá uma refletida. Pensa em todos os dias que você acordou do lado dela, e aquele sorriso que você dava mesmo sem mexer um músculo da boca. Daquele café da manhã naquele dia especial que foi mais divertido com aquela conversa boa e aquele carinho. Daqueles dias onde tudo tava desabando mas não importava o que acontecesse, você sabia que ela estaria lá, do teu lado, te animando, te paparicando, te fazendo ver o lado bom de tudo mesmo que pra você não tivesse algum lado bom.  Daquelas barras, dificuldades e medos que ela te ajudou a superar e de toda paciência que ela teve com cada detalhezinho pra que tudo corresse bem. Das noites em claro acordada te ajudando a estudar pra prova da faculdade por que cê tava com preguiça e ela puxando a tua orelha por que queria que você tirasse uma nota boa — quem ama as vezes puxa a orelha sim, e arrisco – me a dizer, que quem te ama de verdade, sempre ira puxar a tua orelha, amar é querer bem, e quando a gente quer bem, se tiver que puxar a gente puxa, mas tudo é por uma boa causa — naquelas noites naquele bar tomando um bom shopp e que os olhares de vocês chamavam um ao outro, mesmo que sem querer.

Se faça uma pergunta, “quem é a minha melhor amiga? ” Porque amor é companheirismo, e amizade, cumplicidade, é conversa boa e sorrisos e gargalhadas de doer a barriga, é pensar em uma coisa e falar na hora e ela topar de cara, é ter a certeza de que ela vai te acompanhar em tudo que você tem vontade de fazer. ” Vamo? vamos.” É se sentir tão bem que se quer estar naquele mesmo abraço, naquele mesmo beijo, naquela mesma história, naquele mesmo jeito e olhar, todos os dias da tua vida. E mesmo quando aquelas brigas feias acontecem e a gente se vê em um monte de duvidas, a gente precisa se lembrar que a gente tá no mundo real, que nem tudo vai ser bom, que vocês não vão combinar em tudo, mas na maior parte, que não vão querer fazer sempre a mesma coisa, mas os jeitos e as personalidades se encontram em boa parte da vida, que vai ter coisas nela que vai te incomodar, mas que também há coisas em você que incomodam ela. Que ela tem defeitos que você as vezes não aguenta mas que você também tem e ela também pode ter essa mesma sensação, mas essa sensação, passa, se você fizer uma besteira agora, talvez nunca mais passe, e jogar tudo fora agora, talvez nunca mais volte, se desistir de tudo agora, talvez nunca mais possa insistir de novo, procura não fazer nada de cabeça quente, nada no impulsivo, no agora, por que as suas sensações podem ir e voltar, mas com as pessoas a gente não pode brincar, então tem que se ter muita paciência e calma sempre, sempre.

A vida a dois não é fácil, por que por mais que muitas coisas se encaixem, ainda sim são dois jeitos, duas vidas, duas personalidades, dois modos e ver e viver a vida, dois objetivos, e a gente não precisa escolher em entre um deles, por que nenhum deles tem que ganhar, eles tem que se encaixar, conviver um com o outro, apoiar um ao outro, incentivar um ao outro. Nas histórias de amor onde a gente cria, nunca aparece os momentos ruins, as dificuldades e os medos, mas eles existem, sim eles existem em qualquer amor, em qualquer casal, a diferença tá é em como a gente aprende a lidar com eles. Nos dias ruins, pensa no que que te fez querer uma vida com ela, no que que te faz estar ao lado dela todos os dias, pensa no que você sente ao ver o sorriso dela, e se a resposta for felicidade, você vai saber que deve ficar ao lado dela. 

Eu superei o meu amor proibido

2

Aquela coisa de amor proibido, de achar graça no que não pode, de ser atraída pela tua intensidade, teu jeito louco, o nosso jeito louco. Aquela coisa de filme que eu gostava. Aquele fogo que ia subindo, aquela vontade enlouquecida, onde eu era louca e doente por você. Aquilo tudo? acabou, eu passei dessa fase. Já foi o tempo em que eu te idealizava como meu par romântico de filme, você tá bem longe disso, porque o mocinho gosta da mocinha, e você não gosta de mim, e já provou isso. Existe uma diferença entre machucar sem querer, e machucar por que não se importa com nada nem ninguém. Acontece que chegou um momento que eu parei de romantizar tudo que você fazia e caí na real, uma real que você nunca quis que eu caísse, você sempre quis que eu acreditasse que fazia o que fazia por que não sabia o que tava fazendo, que tinha se arrependido, mas não, você nunca se arrependeu, tudo que você fez, foi por que sabia que quando desse errado, eu estaria ali te esperando. Você nunca agiu como alguém que me ama.

Sabe, chega uma hora em que a gente cansa de perder tempo com amores merdas romantizados, com carinhas entediantes como você, e a gente percebe que na verdade aquele amor é uma merda e esse tipo de cara na verdade é só alguém que não cresceu e não entendeu o que é amor. Chega uma hora que a gente quer calma, estabilidade, amor de verdade. Aquele amor que vem pra te levantar, e não pra te destruir, que te dá forças e não tira de você, que te dá vontade de fazer tudo, e não te faz perder todo o teu tempo tentando entender alguém e um amor que nunca dá em nada. Chega uma hora que a gente não tem mais tempo pra ficar perdendo com pessoas e amores vazios, e quer alguma coisa que realmente a nos dê segurança. Um amigo, uma conversa boa, um filme legal, um companheiro, que esteja comigo em todas as horas, não só quando ele quer.

Chega um momento que a gente consegue enxergar que a gente é mais importante, nossa saúde mental e o nosso coração são mais importantes. Eu superei o meu amor proibido. 

Desculpas não vão apagar o que eu sofri

1

Tarde demais pra pedir desculpa moreno, depois das palavras que foram ditas, da dor que já foi provocada, das cicatrizes, das dores, dos medos, das dificuldades, agora não dá mais tempo pra pedir desculpa. Desculpas não vão apagar a dor que eu senti quando te vi ir embora, as noites em que eu deitava no travesseiro e só você vinha na cabeça, que eu ficava pensando onde você tava, o que tava fazendo, se tava bem, se já tinha procurado outro abraço. Desculpa não vai recuperar tudo que eu perdi por tua causa, nem o quanto eu perdi de mim mesma. Desculpa não vai recuperar o meu amor próprio arranhado nem o medo que eu fiquei de conhecer outro alguém. Desculpa não vai fazer eu esquecer de toda a expectativa e planos que eu depositei em você e você acabou com todos eles.

Desculpa não vai fazer eu não ter mais que enfrentar os olhares de pena. Nem a vergonha. Não vai apagar o fato de você ter me dado esperança e me feito apaixonar por você e depois ter ido embora e nem ligar pro que eu sentia, pro quanto doía. Eu acordei por dias esperando que você tivesse se arrependido e quisesse voltar, com o telefone na mão esperando a tua mensagem que nunca chegou. Eu escrevi um monte de mensagens e apaguei todas elas por que se você não tinha me chamado, eu não iria chamar. Eu fiquei meses esperando as tuas desculpas, mas elas não vieram, agora moreno, é tarde demais. Quem teve que aguentar a barra e ter força pra vencer sozinha fui eu, quem ficou com o coração em pedaços e teve que construir ele todo sozinha fui eu. O mundo não queria saber se tava doendo, se eu tava mal, se era difícil, se era insuportável, eu tive que me levantar mesmo quebrada, tinha que ir pra rua e batalhar e sorrir, mesmo que eu não quisesse sorrir. Eu criei maneiras de lidar com a dor e a superei sozinha.

Eu me levantei sozinha. E durante todo esse tempo que eu tava comigo mesma, eu aprendi uma coisa fundamental, a me amar. Agora eu não quero ouvir as tuas desculpas, nem mais nada sobre você. Agora é tarde demais moreno.

Eu te amo, por me mostrar o que é amor

casal

Obrigada. Por ser essa pessoa maravilhosa que você é pra mim, por me fazer sorrir de uma maneira tão linda e por mostrar a doçura, a calma, a segurança, tranquilidade. Obrigada por me fazer tão bem apenas em estar perto de mim, por ser a minha força, meu porto seguro. Obrigada por todas aquelas noites que você tinha que que acordar cedo pra sua prova e acabava estudando mais uma só pra me ajudar com a minha dificuldade. Obrigada por entender todas as minhas birras, meus medos, meus defeitos, minhas dificuldades, e obrigada por me ajudar em cada uma delas. Obrigada por todas as boas conversas e todos os cafés, obrigada por confiar em mim pra contar todos os teus segredos e por eu poder confiar em você pra te contar os meus.

Eu te amo. Desde o teu primeiro sorriso, teu primeiro olhar pra mim, meu primeiro olhar pra você, a gente já soube de cara que tinha muito pra acontecer, mas o que eu não sabia é que era possível eu me apaixonar tanto por você. Eu sou completamente tua. Você é o meu melhor amigo, meu companheiro, meu parceiro de filme, de viagem, de comida maluca, de descobertas, de planejamento, e de sonho, e você está em todos eles, você sabe disso. Você se tornou parte importante das minhas noites, meus dias, meus sonhos, meus planos. Você me faz ter força pra desbravar o mundo inteirinho, só de saber que cê tá do meu lado, eu consigo fazer tudo. E não esquece nunca, que eu vou fazer tudo por você, que eu estou contigo sempre.

Minha vida, meu tudo, meu amor. Obrigada por chegar e me mostrar tudo de bom que a vida tem, por curar cada pedacinho quebrado que eu tinha no meu corpo e por me fazer transbordar de felicidade toda vez que canta pra mim. Você fica a coisa mais linda com aquele violão na mão, o teu olhar pra mim, o teu jeito de tocar, o quanto você gosta do que faz. Eu admiro a tua dedicação, tua força, teu jeito. Eu amo teus olhos, teu caminhar. teu abraço então nem se fala, tuas qualidades, teus defeitos, teus medos, teus erros, dificuldades, eu te amo por inteiro, te amo exatamente como você é. Eu te amo, por me mostrar o que é o amor, com você eu conheci ele.  

A culpa não foi toda sua, mas boa parte dela é

2

Não vou dizer que a culpa é toda sua, que eu nunca fiz nada, por que diferente de você, eu sei reconhecer os meus erros. Eu fiz coisa errada também, tenho meus defeitos, minha falhas, meus erros e minhas dificuldades, mas apesar de todas elas, eu sempre quis te fazer bem, eu sempre quis te fazer feliz, e você nunca fez o mesmo, nunca valorizou nem o meu amor nem a mim como mulher. Em alguns momentos te fiz infeliz, te magoei ou machuquei. Te falei coisas que te fizeram chorar ou agi de um modo que você não gostou, eu sei que eu errei, mas comparado a você, eu sou fichinha. Eu sempre fui tua segunda, tua terceira, tua quarta opção, e também nunca fui a última, depois de mim tinha mais algumas opções. Eu fiz tudo por você, pelo nosso amor, mas o nosso amor, era só eu quem sentia, pra você era só mais um amorzinho sem importância da tua coleção. 

Você fez muita merda, eu fiz tudo por você. No fundo cê sabe que tudo que eu falo tem um pouco de verdade. Eu sempre carreguei nós dois nas costas, sempre cuidei de mim e de você e ficava vazia porque dava tudo que tinha e você não tinha nada pra me dar em troca. Eu sempre te amei, e fiz o máximo que pude por nós dois, mas pra você isso nunca foi suficiente, eu não me acho dona de verdade em afirmar isso, mas eu sei que eu fui boa pra você, e você também sabe. Eu fiz muito, me machuquei muito, me ” consertei ” muito pra tentar nós dois, mas nunca deu certo, por que você nunca quis que desse. Por que no nosso amor só eu queria, só eu sonhava, só eu lutava, só eu tentava, você nunca quis tentar de verdade. Eu tenho muitos defeitos, e ninguém melhor que você pra dize – los por que você sabe achar defeito nas pessoas como ninguém, mas apesar de eu ter todos esses defeitos aí, eu tentei te amar, tentei fazer uma vida pra nós, tentei que a gente durasse uma vida inteira, mas tentei sozinha, e nunca tivesse sucesso.

Você me machucou muito. Você me deixou cicatrizes e dores e marcas e traumas que eu uso como lição pra não acontecer a mesma coisa de novo mas que nem por isso deixam de doer, e eu sei que essas cicatrizes eu nunca deixei em você. A culpa não foi toda sua, e eu não tô dizendo que foi, mas boa parte dela é.