Desculpe meu amor, é que sou meio desajeitada. Machucada.
Não consigo demonstrar amor, o medo da dor, sempre paira a cabeça. E o medo de novas decepções não passa. São tantos momentos, palavras jogadas ao vento, que eu não consigo esquecer. Momentos que tanto me fizeram sorrir, que tanto foram sonhos um dia, e que hoje se tornaram pesadelo. Junto com as tantas lágrimas que me trouxeram.
Desculpe meu amor, nesse ramo do amor, sou desajeitada. Trago grandes decepções na mala … ☕

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s