Tanto sentimento, guardado a sete chaves aqui dentro.

Tantas palavras não ditas, tanto sentimento guardado a sete chaves aqui dentro. Que resultaram em dor, em pedacinhos jogados, para tudo que é lado, do imenso amor que sentia. Eu era a mulher mais apaixonada do mundo, mas em segredo. Eu vivia  uma vida de amor ao lado dele, mas em pensamento. Eu via ele, todos os dias, aquele sorriso lindo. Queria tanto me confessar, jogar no ar. Lhe falar o tanto que o amava, aquele olhar, aquele jeito, cada traço, cada curva daquele sorriso. O meu paraíso. Mas eu não tinha coragem, então, eu amava calada. Todo os dias antes de dormir, pedia a Deus para que cuidasse dele para mim, porque eu não podia cuidar. O meu brilho no olhar, que tanto me elogiavam, era ele, só ficava assim, quando pensava nele. Era o meu brilho no olhar, sem ele nem imaginar . . .

10996471_374858609365290_847771007174225951_n (1)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s