Eta, coração bobão!

As pessoas, já não aguentavam mais me ver chorando tanto. Tão desanimada, quietinha pelos cantos. Então, eu dei o que elas queriam, botei um sorriso no rosto, para disfarçar a tempestade que corria dentro de mim … Mas só eu sabia, o quanto lá dentro doía. O quanto machucava ter dado tantas vezes como a cara na parede. O quanto doía ter tentado tanto, tanto … esgotei minhas forças, tirei de onde não tinha para tentar, e mesmo assim não foi o suficiente. Me sentia fraca, frágil. Qualquer coisa me machucava, não por aquela dor em especial. Mas sim, pela soma de tantas dores que tinha aqui dentro. Por um coração que já é tão machucado, que não aguenta mais. Cada dorzinha, é mais uma para a soma de amor, para a soma de dor que esse tal amor causou aqui dentro. Mais uma dor, mais uma vez que ia ter que me levantar e … fingir que nada aconteceu com um sorriso no rosto, mais uma vez que ia ter que juntar os pedaços do chão. Mais uma vez que toda machucada, e já sem forças, ia ter que procurar curativos para esse coração bobão …

943954_1029319017109255_8339732717755301902_n

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s