Aquele dia, eu chorei de verdade …

Aquele dia, eu chorei de verdade. Foi o topo, o auge da dor. Coração gritando, implorando com todas as forças para que aquilo não fosse verdade, que não fosse tão serio assim .. Não podia mais negar. A verdade tava ali, na minha frente. Era dor batendo a minha porta, me obrigando a aceitar que , ele não era como eu pensava. Que nada era como imaginava … Imaginar, esse sempre foi o meu problema, eu imagino demais. Sonho demais. Fiquei tão ocupada sonhando, que não tive tempo de perceber, que para ele já não era como antes. Que ele, não era como antes. Aquele, não é o menino que conheci. Aquele menino doce, meu amor, meu lindo, meu anjo. Aquele, não era ele. Ele se tornou seco, frio … Quando já não podia mais esconder tudo isso de mim mesma. Quando vi que, quem eu amava, era outro alguém. Não esse que tem, desprezo, indiferença. Eu amava o meu menino lindo, o meu sorriso encantador. Mas esse não existia mais … Tudo tinha ficado para trás, inclusive o nosso amor. O nosso amor, que era só eu quem vivia … Foi duro, coração chorou. Lutou, resistiu, atacou, esbravejou aqui dentro. Mas uma hora, era inevitável , ele aceitou … Dói até hoje, mas, como tudo nessa vida acostuma não é meu amor? A falta de você também. Aos pouquinhos eu vou te tirar, te arrancar aqui de peito. Te arrancar da memória, ficar para traz, no passado, toda a nossa história …

image

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s