Só que, não dependia só de mim …

Eu fiz a minha parte. Só que, não dependia só de mim. Eu não podia mais amar sozinha, cuidar sozinha. Querer sozinha. Me dedicar a uma relação, lutar com todas as minhas forças por, quem não mede um quarto por mim. Por nós. Eu não podia mais ver o meu amor jogado daquele jeito, pisado. Tava doendo tanto aqui dentro, não tinha mais jeito. Eu não podia mais continuar assim. Estava fraca, frágil, perdi tanto tempo dedicando todas as minhas forças para ele, que esqueci de mim. Eu fui me descuidando, me machucando cada vez mais, em busca de um amor que nunca veio. Que nem queria estar aqui. Andava triste, chorando pelos cantos, todas as noites. Todos os dias, quando a primeira coisa que eu pensava ao acordar. Mendigando um amor que, a cada migalha, eu sofria mais. A cada partida, a cada ida, a cada volta. Lutava por um amor de mentira, que era só eu quem vivia. Um amor que feria meu coração, toda vez que o tinha …

Lua Blog

Anúncios

4 comentários sobre “Só que, não dependia só de mim …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s