Jogar, como quem joga dado para o alto. Brincar de ser o príncipe encantado …

Como eu queria, acreditar em você. Acreditar que aquele nosso amor era realidade … Mas não era, era uma verdade inventada. Uma mentira arquitetada. Uma brincadeirinha para divertir, onde eu cai. A boba encantada. E você, se divertindo brincando de seduzir, de machucar corações alheios. Eu me apaixonei, sonhei com esse amor. E para você, eu era só mais uma. Nessa sua teia de mentiras, de vaidade disfarçada de amor. Daquele sorriso, escondendo a dor, que ele iria me causar …  É claro, sou nova na escola, não sabia dessa sua fama de ” Pegador.” Não é mesmo? A mim, era fácil enganar. Afinal, para alguém que, já namorou metade das meninas da escola, não deve ser difícil machucar. Jogar, como quem joga dados para o alto … brincar de ser o príncipe encantado. Se divertir, iludindo pobres corações. Qual é a graça de brincar com as pessoas? 

12651131_1561302860858991_6909001617942622360_n

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s