Mas você preferiu ser dor …

Mas você foi procurar lá fora, o que tinha aqui dentro … Eu te amei, tanto. Te queria tanto, estar ali contigo, na alegria ou na dor. Meu eterno amor, minha mão junto da tua, a vida inteira …  Mas você preferiu, ir buscar em outros abraços, o que eu tanto tinha para te dar. Em outras bocas, a sua diversão momentânea. E mesmo com tudo que sempre te dei, você preferiu ser dor. Trazer as lágrimas, de um acordar, e lembrar de tudo aquilo … A verdade, é que eu quis tanto te proteger, que acabei esquecendo, de me proteger… Eu me entreguei, te amei com todas as minhas forças. Exatamente por tanto te querer, eu não enxerguei a maldade do teu olhar … Pois bem, não era isso que queria? um passatempo? Então agora você tem. Porque o nosso tempo passou. Quando descobri o teu coração feito de pedra, muito morreu aqui dentro. Pois bem, agora, já não tem mais aquele chata, que ficava no pé, queria conversa o dia inteiro. Mas hoje, quando deitar no travesseiro, se dará conta de que também não tem mais. Aquela, que estava do teu lado, em todos os momentos. Aquele teu cafuné de manhã. Aquela que fazia tanta palhaçada, só para te ver sorrir. Aquela que te cuidava. Aquele olhinho brilhando ao te ver. Aquele abraço apertado, de todos os dias. Aquele amor verdadeiro, que ela sentia …

image

Uma carta para meu amor …

E esse amor se tornou tão passageiro, que durou algumas míseras semanas … Aquele amor tão grande, aquele eterno apaixonado, sumiu … PUF! Aquele abraço apertado, se tornou um coração sufocado, de dor, de medo, decepção. Provocado por um coração, um tanto quanto sem coração eu diria. Aquele sorriso de todas as manhãs, virou lágrima … É, para quem dizia que nunca ia me abandonar, acho que falou só por falar mesmo não é? Pois eu vou lhe dizer uma coisa … As pessoas tem sentimentos sabia? Você não estava fazendo um teste em uma folha de papel. E sim com uma pessoa, que sente, que sofre, que chora, que ama … Você nunca parou para pensar, que enquanto brincava de amar, eu ia me apaixonar? {…} Eu me machuquei, muito sim. Mas os outros, sempre me falaram, o que queriam de verdade; era essa verdade que me machucava. Mas você não, eu lhe falei, o quanto era machucada, que eu tinha medo de doer tanto de novo. Você não, chegou fingindo que era amor, a melhor pessoa do mundo, que era carinho, que queria cuidar, amar eternamente, que era diferente de tantos outros. E eu achando, que depois de tanto ter sofrido,em você podia confiar. Não teve o menor pesar, em encantar, e depois ir embora … Deixando a marca aqui, de mais uma vez que eu fui boba, que acreditei no impossível, sonhei demais. E caí, de cara no chão … Você, foi o pior dos amores, a minha pior decepção …

PS: De um coração que te quer bem longe dele.
image

Nem venha com seu meio amor . Me deixe ser inteira!

É que sabe, eu sou um tanto quanto demais. Sentimento demais, tristeza demais, mas alegrias demais também. Enfio a cara mesmo e o que for para ser será. Não consigo, me meio apaixonar, meio sorrir, meio sonhar. Quando me apaixono, apaixono logo de cara é muito, quando sonho, quero o mundo inteiro viajar …
É, quando choro, choro é muito também. Com direito a soluçar de dor. De raiva, desespero. Esbravejar e bater nas paredes. Mas quando eu me levanto, ah … Levanto e para valer. E não quero nada que me trave esse impulso. Eu vou cantar, vou sorrir. Vou em busca de tudo, de um mundo a colorir. Do meu brilho no olhar. Danço, brinco, sapateio. Com tudo que se tem direito …
A verdade é que, eu mergulho fundo, eu sou o mundo. Eu sou inteira. Imensa, intensa em tudo que faço. Por isso, não tenho disposição, e nem coração, para ficar com uma pessoa rasa. Sabe aquela pessoa do meio? Meio amor, meio sorriso, um telefonema de vez em quando … Acontece que eu não sou quando, eu sou sempre. E se é para me meio amar, pode cair fora. Agora! Vá embora e me deixe ser inteira! Eu tenho muito o que viver, eu quero amor intenso, abraço apertado. Paixão verdadeira …

image

Eta! Sorriso lindo … E tão forte, sorriso de fortaleza … Ela tem olhar de mistério, de enigma … Ela é tão machucada, só ela sabe o que guarda dentro do peito … Mas apesar de tudo, ela nunca deixa de acreditar no amor. De sonhar, encantar com sua dança, cantoria, brincadeira. Menina verdadeira, de alma boa, coração puro. Ela é jogo duro! Personalidade forte, menina de presença … Ao mesmo tempo esse olhar de menina,jeitinho de doçura. Ela é linda … e com aquele brilho no olhar, fica mais linda ainda …

Cadê, aquele anjo por quem me apaixonei?

Quem é esse? O menino por quem me apaixonei, não é esse não.
Me apaixonei por um anjo doce, com olhar de amor. Passava o dia grudado e nunca enjoava … Era conversa boa … Era o meu brilho nos olhos de todas as manhãs, meu sorriso apaixonado. O meu anjo fazia o bem, ele tinha o bem dentro dele. Carinho, beijinho, filme colado. Ele era abraço apertado, cafuné, beijo na testa. Ele amava. Encantava com seu sorriso, que hipnotizava o olhar… Ele protegia, não machucava. Quem é essa pessoa fria, que vejo agora? Me faço essa pergunta a alguns dias. Onde foi parar o meu menino encantador? Para onde ele foi? Onde você escondeu ele?
Não, ele não é essa pessoa gelada, com maldade no olhar. Que tem prazer em machucar … Esse aí, feito de mentira, de vento no coração. Decepção!
Dói, ver que o meu anjo, se tornou assim, tão vilão. Ou que talvez o meu anjo, nunca existiu, foi apenas invenção, de uma mente, coração frio … Eu nunca gostei desse aí não. Me apaixonei, pelo meu menino do olhar de amor. Não por esse rosto de dor, de lagrima, esse olhar tão vazio … Dá até arrepio!

image

De repente bateu uma dor, tão grande. Dessas que revira o estômago. O mundo explodindo dentro de mim, eu não sabia o que fazer … Se chorava até tudo passar, ou se sorria, esgotando todas as forças que eu tinha guardado para depois … É,  a verdade é que eu nunca sei o que fazer, quando se trata de você…

Adeus! Estou indo buscar o meu brilho no olhar …

Meses sem ao menos uma noticia, ele tinha ido embora, sumido pelo mundo, e levado meu coração junto com ele. Algum tanto tempo depois, ele chega, dizendo que nada mudou, que sempre me amou, nunca esqueceu. E depois de tanto ter chorado, lutado contra mim mesma todos os dias para esquecer. Ele resolve aparecer.E lá se vão, todos os meus dias de superação … Ele traz de novo toda aquela dor para o coração … Meu coração não é brinquedo não … Se não é para ficar, me deixe partir. Chega de meios olhares, meios abraços. Um sorriso assim de lado … Me deixe ir embora … Chega de me torturar com esse sorriso, toda vez que resolve chegar. Essa brincadeira de amar. Essa tua vaidade disfarçada de amor … Esse teu passatempo de fazer apaixonar, cê não acha um tanto cruel demais? Brincar com sentimentos alheios, jogar com palavras vazias, mentiras de um coração tão vazio quanto. Chega desse amor de mentira, que não ata nem desata, que só empata a minha vida e me leva para trás. Basta! Nem pense em chegar com seu perfume no cangote outra vez! Basta! Vá viver sua vida, e me deixe viver a minha em paz. Eu quero mais, amor verdadeiro, não algum cheio de mentiras, feito o seu.  Sentir que amo, e sou amada de verdade. Amor inteiro, puro. Amor de sorriso, não de lágrimas … Estou indo em busca da minha verdade, não tenho mais tempo por aqui! Adeus! Estou indo para onde haja sol, felicidade. Abraço de urso. O mundo, para sonhar … Encanto para encantar … O brilho no olhar …

image