Era esse, o amor que cantava aos meus ouvidos?

É esse, o tanto amor que sentia? E esse que ” Eu Te amo.” que gritava, que cantava aos meus ouvidos? Um amor que na primeira oportunidade, abandona. Vai embora sem nem pesar, com calma de uma pessoa mais fria, gelada. Coração gelado, de pedra. Ninguém consegue entrar, ao menos entender. É esse , o tanto amor que sentia? Que ao primeiro defeito, se acabou o sentimento? {…} Viviamos em constante lua de mel, nosso sonho encarado. Iriamos casar, ter filhos, e um cachorro Freddy… Eu era, o amor da vida dele, até aparecer o meu primeiro defeito , como em um passe de mágicas. O amor acabou. Assim em dois toques, em duas dores. Esse era o seu amor assim tão grande? Que não foi capaz de suportar o primeiro obstáculo? Foi assim tão fácil, me deixar? É meu amor, acho que você ainda não sabe o que é amor não …

image

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s