Aquela noite, ali na janela, lembrei que o meu sorriso, valhe muito mais …

Aquela noite, ali na janela, olhando aquela chuva lá fora, lembrei das tempestades que já passaram dentro de mim. Dos erros,quantas vezes, dei de cara na parede, tentando, querendo um amor que não me queria. Um amor que só me feria, só eu que não queria enxergar. Quantas vezes, errei tentando acertar. Quantas vezes sorri querendo chorar, mandei embora querendo amar. Quantas vezes errei por demonstrar demais, outras por demonstrar de menos. Pessoa que, tentaram me fazer cair pelas costas, me jurando amor eterno em minha frente. Pessoas que amava, que não eram nada daquilo que pensava … Quantas vezes, tentaram me derrubar … Lembrei, o quanto sou forte, aguentei aqui na pele, o que muito marmanjo estaria chorando por aí . Eu cai, mas quantas vezes me levantei. Eu chorei, mas quantas vezes enfrentei, mesmo que doesse algumas vezes, algumas recaídas ..  mas com o tempo, dos obstáculos me livrei, e estou de pé até agora. E ninguém vai me fazer ir embora, muito menos tirar o sorriso do rosto. Eu sou a força, eu sou cheia, cheia de amor, de carinho, caráter.  Eu luto, pelo meu olho brilhando, pelo meu encanto. Porque meu amor, eu amo tanto esse meu sorriso, que eu luto por ele até o fim. Pela minha felicidade, eu luto por mim …

12801102_1142854125854719_554401260928105765_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s