Ele sabia, que desse jeito, me envolveria, em sua teia de mentiras …

Ele sabia … que eu, como quase toda menina, sonhava com uma história de amor {…} E foi isso que ele me deu … Chegou, como quem chega assim do nada, procurando a dona do sapatinho perdido Chegou, encantou, fez, e cantou aos meus ouvidos, tudo que sempre quis ouvir, que sonhei em ouvir … E ele tanto sabia disso, que fazia tudo como o combinado, fingiu ser um anjo vindo desses filmes de romance {…} Usou de todos os encantos, em cada canto deixou uma palavra bonita …  Sabe aquelas coisas que a gente gosta de ouvir? Foi exatamente isso que ele fez, para enredar a boba romantica, até que conseguisse o seu ” momento.” E então, de repente aquele ” Eu te amo” que tinha ouvido sair de sua boca, tinha virado nada, uma verdade inventada … não era real. Aquele amor eterno, desabou, se desmanchou ao vento … Como aquele meu anjo, que sumiu. Tão frio, que dá até arrepio! Um inconseqüente brincando de amor, jogando com corações alheios … E foi trazendo mais dor, que ele veio …

image

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s