Quando descobri, que o amor na verdade, estava ali ao meu lado …

Quando ouvia o nome dele, o coração chorava aqui dentro. Nunca tinha o visto desesperado desse jeito. Pulando, esbravejando de dor e batendo nas paredes. Sabe quando a gente quer, mesmo sem querer? Era inevitável, por mais que lutasse contra mim mesma todos os dias para não sentir, o coração ainda sentia …
Foi em uma dessas lutas, que eu conheci um anjo. Tão lindo, que em pouco tempo, se tornou tão importante. Ele era meu porto seguro, meu abraço forte. Ele sabia de tudo, sempre o contei, o que guardava dentro do peito. Ôh … Tantas vezes que cheguei com rosto de dor, e ele mesmo achando tudo aquilo errado, simplesmente me abraçava. Não precisava falar nada, nem ficar me explicando. Apenas me refugiava naquele abraço, com as lágrimas escorrendo nos olhos. Ele protegia, fazia um cafuné, e ali eu ficava, até a dor passar …
Aquele coração puro, que só fazia o bem, que me fazia tão bem. Nossas conversas, aquele que queria ouvir de verdade. Não uma dessas pessoas que fala um ” fica bem ” e balança a cabeça como se estivesse ouvindo alguma coisa … Ele não, me ouvia de verdade, dava conselho. Alguns xingões as vezes, mas era preciso. Sentir que ele gostava, e cuidava de mim, era tão bom …
Aos poucos, aquele que ele tinha por mim, foi me encantando a cada dia mais. Fui me apaixonando assim sem perceber …
Foi em um desses momentos, em que me arrancava um sorriso tão grande com suas brincadeiras. De repente, aquele abraço, me deu uma sensação estranha, diferente das outras vezes. Meu coração batia forte, aquele toque, já me tinha tanto … Assim meio sem jeito, o olhei, ele já estava me olhando. Com aquela carinha que já estava acostumada, mas agora, com olhar de amor … Eu sorri, sorrimos por alguns instantes … Aquele olhos grudados aos meus, que nos levaram a nosso primeiro beijo … E foi um beijo tão bom, nem me lembrava mais de nada. O mundo tinha parado ali naquele instante. E eu poderia ficar ali, por uma semana inteira {…} anos quem sabe …
Depois que saí daquele beijo assim tão bom … Nos olhamos, eu assim meio sem jeito, olhos inquietos, não sabia o que fazer, muito menos o que falar … Então ele me chamou … Pequena, calma, vem aqui.” e com aquele abraço de sempre, que agora estava mais paraíso do que nunca, ele me falou aos ouvidos … ” Deixa eu te fazer feliz? Eu sempre estive aqui. E posso te fazer muito mais, tudo o que ele não fez. Eu te quero, vem comigo? “
Senti uma paz tão grande, com olhos pulando de tanta alegria, o disse: – SIM!
E olha, esse meu moreno tem me feito tão bem. Meu olhar sereno, meu sorriso apaixonado … Ele me fez entender, o verdadeiro sentido do amor, que amar e ser amada, é o minimo que merecemos ter. Com ele, esqueço do mundo lá fora … Meu ontem, hoje e agora. Meu para sempre. Meu eterno abraço encantado. Meu eterno namorado …

imagewp-1459615923123.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s