Um amor, de muitos amores …

Eu nunca tive muita sorte nesse tal de amor. A verdade, é que nunca encontrei com boas pessoas … Eu sempre fui muito sonhadora sabe? Bobinha, nunca vi maldade nas pessoas, nunca achei que pessoas por quem eu tinha tanto carinho, pudessem me fazer mal … Eu sempre fui muito machucada, sempre tive muito medo … a verdade é que as pessoas chegam, mas nunca ficam por muito tempo … e a cada perda, eu ia ficando mais desacreditada, que eu fosse feita para essa tal mundo tão complicado … Então, em um dia desses de verão, ele chegou, dizendo que ele, sim era feito de amor … Eu tentei, não queria me encantar, pelo menos não tão rápido, como de costume. Eu o disse, disse que era machucada, que tinha medo, que eu não aguentava mais essas partidas que cada vez me despedaçavam … Mas ele não, ele dizia que era diferente, nunca ia me abandonar … Tinha um abraço tão bom, jeitinho de cuidado … E aos poucos ele foi me ganhando, assim sem perceber, mesmo que não quisesse, acabei me encantando por aquele sorriso tão gostoso, aquele beijinho na testa, aquela proteção que eu sempre quis, me sentia segura naquele abraço, nada podia me machucar mais … E como se, eu inventasse uma pessoa perfeita, esperando que ela fosse curar toda essa dor de tantas idas, essa ferida que eu tinha no coração …  E ele, me cantava aos ouvidos, tudo que sempre quis ouvir de alguém antes, me dava tudo que nunca tive, que sempre sonhei em ter, ninguém nunca tinha feito isso por mim antes, com ele estava sempre nas nuvens … Então eu achei, que dessa vez, tinha encontrado a pessoa certa, que ele , eu podia confiar … E pela primeira vez na vida, consegui me entregar de verdade para alguém, dei tudo de mim, sonhei, fiz planos para a gente … E foram essas nuvens, que ele tirou de mim …  E aí, eu caí, de cara no chão, o coração mais machucado do que em qualquer outra vez. Não sabia o que fazer, o que falar, ou com agir. Muito menos como me levantar dali. Eu só ficava imaginando Eu te disse, falei que tinha medo, ´porque fazer isso? Brincar assim com um coração tão machucado, qual o teu prazer em fazer sofrer? O que tinha acontecido com tanto sentimento, que tinha aí?  Eu ouvi uma única resposta .. ” Não sei” … Como se um Não sei fosse curar tudo aqui dentro …

993437_1196974363664078_8394538820438616098_n

Continua …

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s