Reescrevi o livro, me dei ele de presente. O meu sorriso …

Reescrevi as memórias, me reescrevi inteira … Arranquei do livro tudo que não fazia mais parte, toda mentira, papel picado…  Éh, não foi fácil. Olha, demorei um bom tempo para conseguir controlar a tempestade aqui dentro. Na verdade, não consegui, eu aprendi a controlar … No inicio, achei que nunca fosse conseguir te esquecer, a cada acordar o mundo caía em cima de mim, a dor, decepção me tomava. Procurava o meu anjo, não entendia aonde ele tinha se perdido. Mas percebi que não adiantava procurar, desisti de tentar entender. E fui viver … e aos poucos, com o tempo, fui escrevendo novas histórias, novas lembranças … ganhei abraços, amores e beijinho. Novos carinhos, novas paixões. Novos sorrisos dentro de mim mesma … E aos poucos eu fui descobrindo, que por mais difícil que seja, se livrar de todos os pedaços mal escritos, as vezes é melhor. Se ter por inteira. Se cuidar é tão bom … Botar uma música bem alta, e dançar até amanhecer … Hoje sou cantora, sou atriz … Sou feliz, meu sorriso é de verdade. Eu floresci, eu consegui, me livrar de tudo que tanto mal andava me fazendo.. Luto, caio e levanto mais uma vez se preciso for. Quero mais, colorir a avenida … Me dei o direito ter o sonho para sonhar, cada canto para viajar, o mundo no olhar …

12963372_504925383024976_2750385131507216597_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s