Achei, que quando ouvisse aquilo de novo, iria chorar um mar de lágrimas, bater nas paredes, tristeza, de dor. Mas não, ironicamente não foi isso que aconteceu. A decepção era maior. De dor, ainda tinha um pouco, mas foi a dor de ver, que o meu menino encantado, ficou amarguento, esse olhar frio, pessoa que provoca dor, e se diverte com isso.
Não foi por esse que eu me apaixonei. Amei o meu anjo doce, minhas palavras de sorriso, meu abraço de urso apertado. Me apaixonei pelo menino de sonho no olhar, e que me fazia sonhar junto, de tão bom que era … Mas esse, não existe mais. Talvez nunca existiu, talvez algo no meio de tudo aquilo foi verdade. Mas o que eu vejo agora é só espinho. E a única coisa que me dói, é ver no que você se transformou …

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s