Você não soube o que fazer com o amor que eu te dei …

Sabe, eu precisava disso, não ia poder ir embora em paz, se não tentasse. Se não esgota – se todas as minhas forças e talvez um pouco mais, por nós. Ficaria a vida inteira me perguntando o que aconteceria se eu tentasse, se daria certo, se não … Hoje eu sei, que não daria … Mas a certeza em mim ficou, eu fiz tudo que podia. Tudo que estava ao meu alcance, que podia e até o que não devia, tentei te mostrar de todas as formas que te queria. Tudo que não disse antes, por tanto medo de perder, não consegui dizer. Mas então, depois eu disse, tudo que estava entalado dentro do peito … Tentei, lutei, caí, chorei … Não havia mais o que fazer ali … Porque por mais que eu tenha feito tanto, não dependia só de mim … Mas eu tenho a certeza, eu nunca seria capaz de te machucar, nunca te deixaria com o coração doendo, não quero ver dor no teu olhar … Sabe, quando a gente ama, que cuidar. Pois bem, parece que você não me ama não é? Quando te olho eu vejo, a frieza, o prazer em provocar. Eu, nunca ia te machucar, assim como você me machucou … Doeu, sangrou, quebrou muito aqui dentro … Mas eu sou feito gato, sete vidas. Levanto quantas vezes precisar…  Porque eu sei, tinha amor, tive muito amor aqui dentro. Mas se você não soube valorizar ou o que fazer com esse amor, fez besteira, usou como vaidade, a culpa já não é mais minha … Quer saber de uma coisa? Eu to aqui,leve e feliz. Quem saiu perdendo aqui, foi você … E perdeu feio viu … Perdeu aquela namorada, que queria ser o teu porto seguro, o teu braço forte, o teu cafuné. Que sonhava uma vida para a gente. Que queria estar ao teu lado, nos momentos bons, e também nos ruins. Que queria te cuidar, te amar. Ver filme colado, passar a dia grudado. Acordar ao teu lado … Aquela que queria ser tua amiga, tua confidente, tua amante, tua mulher … Aquela que lutaria por ti todos os dias … Mas aconteceu que um belo dia desses, eu resolvi pegar essa luta toda e lutar por mim, foi quando decidi parar de receber as tantas migalhas tuas, e me fazer inteira. Me fazer por mim mesma, me amar, estar comigo mesma todos os dias … Me livrei daquele teu amor de dor, amor assim sem amor, pela metade … Então, quando larguei o que me fazia cair, finalmente consegui levantar … Hoje eu sigo em paz, uma mulher, linda, inteligente, de bom coração, que tem amor por dentro. Ah, só para avisar, que eu to a cada dia mais gostosa … (risos). Vish, se tem alguém que perdeu uma pessoa incrível aqui, esse alguém é você mesmo …

Desktop

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Você não soube o que fazer com o amor que eu te dei …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s