As vezes me pego pensando … lembrando daquele tempo bom, nossas cantorias, brincadeiras, nossas danças, piruetas …
Aquele tempo de abraço, beijinho na testa, bom dia de sorriso, olhar de paixão… e por um momento o mundo para, eu vôo aos céus, lá nas nuvens eu danço a nossa música … Então assim de repente, de uma forma tão fria, tão drástica, a realidade bate a porta, dizendo que já não é verdade, que não existe mais … Assim, um tapa na cara do coração. Então, a dor volta, a onda forte chega, e junto com ela o rio escorrendo em meus olhos, anunciando a saudade aqui do peito …

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s