Se lembra? Quando a gente achava que tudo era para sempre, quando a gente planejava a nossa vida, com a certeza de que iríamos passa – la inteira juntos. Quando olhávamos um ao outro, e o mundo se coloria de tanto amor. Quando em nossos abraços, a gente apertava para não se largar nunca mais. Quando a gente saia cantando e dançando por aí como dois apaixonados que tinham encontrado o amor da sua vida … Daquele beijinho na testa, que para mim era a mais linda prova de amor. Me sentia protegida, imune a qualquer tipo de dor ali naquele instante. Quando eu ficava olhando seu rostinho pensativo e meu coração acalmava, para mim aquilo bastava, estar ali ao teu lado, te vendo pensar, me fazia um bem. Também quando você falava, que me amava, me sentia a mulher mais feliz do mundo, podia voar de felicidade, te olhava e não acreditava que aquilo fosse possível, que tudo era real, que você existisse de verdade. E em um grito mais sincero e apaixonado do meu coração te respondia … – Eu também te amo … Não sei em que caminho da estrada aquele sentimento tão infinito se perdeu… Mas pelo menos uma lembrança boa de tudo isso a gente tem, não é meu bem?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s