Tarde da noite, passou um filme de nós dois na cabeça …

Um filme romântico passando na televisão … E aquele filme que passava na minha cabeça também … Imediatamente me vinha aquele rolo de imagens, lembranças gentis, nossas memórias juntos. Olho para o lado, aquele sofá vazio. Lembro de quando você estava ali ao meu lado. Nosso filme colado. Nossa guerra de travesseiro … Sabe quando de repente a mente se enche de pensamentos e aos poucos os olhos se perdem em meio a aquele mar de lágrimas que vem vindo? As lembranças estão em todo o lugar. Tudo me lembra você. Tá bem difícil moreno. Eu fico tentado me convencer de que eu preciso superar, de que a vida é assim. Como eu comecei, poderia terminar. Mas eu nunca fui boa com términos. Me dão medo. Sinto como se tivessem te arrancado de mim a força, um imenso desespero me toma. Desespero esse que dá lugar a dor. Você foi embora porque quis ir. Isso me dói mais do que tudo. Saber que está bem sem mim, é como uma facada. Lateja e não me deixa esquecer nunca. Tenho dito ao coração que você não faz mais parte da minha vida. Que pode estar com quem quiser. Que não devo me importar nem deve doer. Mas quem disse que o coração escuta? Parece criança birrenta, não quer te perder. Se contorce de dor e bate o pé o tempo todo aqui dentro. E eu tenho tentado controlar. Mas te confesso que tá bem difícil. Tenho tido furacões diários, é como se tivesse sido soterrada. O mundo caiu e cai em cima de mim todos os dias. E eu estou sem forças para levantar … Ali estática, parada ali no cantinho. Com o coração gritando. E eu ali sem poder chorar … Outro dia, sei que não devia, mas fui olhar algumas fotos de nós dois. É, tudo que eu não consegui chorar antes, chorei ali. Aquela foto, ficou marcada com as lágrimas que caíram. Ontem a noite ouvindo música, a nossa música tocou. Levantei rápido para passar e aquela tortura terminar. O dedo estava ali no botão, mas aquelas horas a dor já era tanta, que mudar não ia adiantar. E eu também não ia conseguir fazer isso. Então resolvi deixar … Tem sido uma semana difícil. As pessoas andam tentando fazer de tudo para me distrair mas ultimamente nada anda me animando. Tenho tido vontade de gritar, ir para um lugar sem ninguém e gritar. Para ver se toda essa dor sai daqui de dentro … E assim eu vou, desviando pouco a pouco das barras que é a saudade de você … Me convencendo de que preciso te esquecer. Mas o coração não quer entender. Eu sei que tudo vai passar um dia. Mas agora, me parece tão grande. As vezes acho que nunca vou te esquecer, ou amar alguém como amo você. É moreno, acho que eu vou ter que aprender a viver com o coração doendo não é?

Desktop1

Anúncios

2 comentários sobre “Tarde da noite, passou um filme de nós dois na cabeça …

  1. dialogandossite disse:

    “Mas quem disse que o coração escuta? Parece criança birrenta, não quer te perder.”

    Quando amamos parece que não importa o que aconteça, nosso coração sempre quer tá do lado de quem amamos. É uma situação difícil, paradoxal, mas acontece.

    Parabéns pelo texto!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s