Você realmente se importa com o que eu sinto?

Eu juro que tentei. Segurei com todas as forças as lágrimas aqui dentro. Mas chegou uma hora que elas tinham que cair E eu fiquei ali. Desesperada, tentando disfarçar. Ninguém podia ver. Não queria que ninguém soubesse, não queria ter que explicar, muito menos lembrar de você Não acredito no que vi até agora …  Meu corpo tremia, coração latejava. Por alguns segundos fui soterrada pelo peso da dor. Fiquei ali em baixo, gritando sem voz, batendo sem força. Gritava, gritava mas ninguém me ouvia. Gritava com todas as minhas forças soluçando de dor … Cravaram uma faca no meu peito, e eu estava parada, não podia me mexer, ao menos gritar. Apenas os olhos fechados, aguentando a seco aquela tortura 
Nunca pensei que iria fazer isso comigo. Eu não tinha visto esse teu lado tão rude. A gente fazia planos, planos, cê sabe o que é isso? A algumas semanas atrás você estava na minha frente com os olhos brilhando me pedindo em namoro, como pode ter mudado tanto? Cadê o amor, o amor que você sentia, onde foi parar tudo aquilo, tanto sentimento. Onde foi parar aquele cara por quem me apaixonei? Me diz … Porque eu que só gosto de canalhas? Sem a menor importância, sem o menor pesar, sem o menor coração você desfila com ela em minha frente. Ontem me jurava amor eterno. Quantas caras você tem ein? Você sabe o que eu senti quando vi aquilo, o que eu sinto, você realmente se importa com o que eu sinto? É, parece que não. To chocada, não consigo nem te descrever a dor porque não existe um termo certo para isso. Só sei que é um vulcão de sentimento que vai tomando a gente de pouquinho a pouquinho e quando chega nos olhos, eles desabam É , eu sei que amanhã quando acordar, uma onda de dor vai me afogar. A cena que vi hoje vai ser a primeira que vou lembrar. Tenho até medo do que vou chorar. Vai doer moreno. Vai doer muito mais. Vai ser mais difícil do que eu pensei que seria. A minha sorte, é meus amigos, que são os mesmos que os seus, mas bem diferentes de você. Eles me tiram, ou pelo menos tentam o que me deixa feliz tirar essa dor que você insiste em colocar em meu peito. Dá última vez um me abraçou bem forte e disse que não mereço sofrer por você. Alias, que você não me merece. Desabei nos braços dele É , tá sendo difícil moreno. Aliás. Não tenho nem mais vontade de te chamar de moreno. É apenas uma dor. Um ator que se fingiu de amor. Quando tinha um coração vazio por dentro Não tá fácil não, principalmente porque eu larguei muita coisa  estar com você. E agora, quando eu olho cada sala, o corredor, a escada que era onde nos escondíamos para poder nós ver. Cada pedaço daquela casa me lembra nós dois, e me grita aos ouvidos todos os dias que você foi embora. Eu larguei tudo para ficar com você, e olha só no que deu. Respiração ofegante, olhos fixados no nada, e a expressão no rosto mostrando o quanto o meu corpo está guerreando por dentro sem dizer uma palavra Não consigo, não consigo acreditar, não consigo entender como o meu anjo virou esse mostro de gelo de uma hora para outra Tantas palavras vazias que saíram da tua boca

Desktop1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s