Joelho ralado de amor …

As vezes acho que não nasci mesmo para esse tal de amor. Nas várias histórias da minha vida, pelo menos no começo delas, eu vi tanta gente indo embora Tantas feridas para cicatrizar. Sabe quando você anda de bicicleta quando criança e rala todo o joelho? então, demora um tempo até ir curando … Você vai cuidando, de pouquinho a pouquinho e quando tá quase sarando bate o joelho na quina e a ferida se abre novamente. Pronto, o circo montado, dor para tudo que é lado. Já mais frágil do que a primeira vez, o joelho já não tem tanta força. Eu me sinto assim, como uma criança com o joelho ralado, to fraca. Toda roxa, já gastei todos os curativos, o pote está vazio. Cada vez que acho que vai dar certo, que dessa vai, pronto, lá vem a onda e acaba com todas as expectativas … Talvez seja um pouquinho minha culpa. É que sabe, eu nunca tive uma história de amor dessas que sempre quis ter. Elas sempre são interrompidas, eu sempre tenho que ver as pessoas indo embora da minha vida sem poder fazer nada… Fazer o que? ele quis ir embora, não podia impedir. Não havia mais nada a fazer, era isso o que mais me doía Eu sempre quis ter uma história bonita, dessas que vejo nos filmes de comédia romântica que adoro. Talvez esse seja meu erro, filmes não existem na vida real, o meu príncipe não vai ser perfeito como o mocinho do filme Eu sempre quis ter uma história que durasse, alguém que ficasse. Nessa minha ânsia de um amor, acabo indo rápido demais. Crio mil e uma expectativas de um alguém que sempre quis, e na maioria das vezes, quase sempre, minha cara cai no chão, porque isso nunca acontece. Tenho que ver ele jogar fora todos os planos que um dia fiz para nós. Não sabe o quanto isso é frustrante para o coração … De tantas idas e vindas eu só queria alguém que não desistisse de mim. Sei lá, alguém que aceitasse esse meu jeito todo torto de ser. Alguém que me ajudasse a entender, o amor como ele é. Porque na verdade não sei, nunca ninguém ficou por muito tempo, não sei como montar as peças desse tal de amor. Ninguém nunca deixou eu chegar até o fim do quebra – cabeça … Alguém com paciência. Com muito amor para nos dias que o medo falar mais alto e eu gritar que o detesto e que é igual aos outros, me sacudir bem forte e dizer … -Olha para mim, para com isso, eu te amo, não vou deixar você estragar tudo outra vez, nunca vou te machucar … e terminar com um ” Vem cá morena ” e um cafuné. Alguém que saiba o que quer. Queira de verdade. Que entre ir, escolha ficar 

tumblr_ob8rslx45j1t9760vo1_1280

Anúncios

2 comentários sobre “Joelho ralado de amor …

    • alicenaluablog disse:

      Aii muito obrigada meu amor, e você arranca mil sorrisos de mim em cada comentário 💜 que bom que gosta!! São comentários assim que nos incentivam a escrever mais e mais. Que bom que consigo lhe tocar! Tava sentindo falta de você por aqui, que bom que veio matar a saudade! Um beijao fofa! 💜

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s