Se eu soubesse que era o último beijo…

Se eu soubesses que já tinhas planos de ir embora, tinha te pedido para ficar. Se eu soubesse que era o último beijo, tinha te agarrado bem forte para nunca mais soltar. Se eu soubesse que aquilo te magoava teria feito tudo ao contrário. Eu te amava meu amor, eu te amava. Nunca duvide disso, eu te amei como nunca amei ninguém. Eu te amava, você era o meu príncipe, o meu conto de fadas. Eu te amava. Contava as horas para te ver, colocava a tua foto para ler o teu rosto por alguns minutos antes de dormir. Uma palavra tua adormecia meu corpo de um jeito tão bom, era o meu amor ali do outro lado,o meu marido, meu eterno namorado, era o meu sonho. Eu te amava meu amor, eu te amava mais do que tudo. Me perdoa, se eu nunca te disse foi porque eu tinha medo. Nosso amor parecia tão perfeito que chegava a ser de vidro, eu tinha medo de fazer qualquer coisa errada e acabar quebrando. Desculpa meu amor, é porque todas as vezes que mostrei meu sentimento a alguém, esse alguém foi embora e eu não queria que você fosse embora por isso nunca te confessei. Eu sei, é meio estranho. Porque quando a gente está em uma relação quer é logo declarar o amor. Mas eu não sei fazer isso direito ainda. Eu nunca tive um amor que ficasse, eu não sei como fazer. Eu tenho esse jeito meio torto. Essa armadura que eu fiz no desespero por me proteger da dor. Acabei esquecendo de te mostrar o amor. O amor, o grande amor que eu tinha aqui dentro. Era enorme, do tamanho do mundo. Você era o meu mundo, você era o meu sonho. Eu realmente achei, fazia planos para nós. Ou quando nós fazíamos juntos. Era a melhor parte. Adorava te ver sonhando com nós dois ficava ali te olhando com aquela cara de boba e você me dizia – Sim, eu só real … Eu realmente achei, que você era a pessoa certa para mim. Eu realmente achei que era você o meu futuro marido, quem me esperaria no altar. E eu adoraria, caminhar em direção a ti, para a nossa vida juntos. Eu te amava meu amor, eu te amava. Cada palavra de amor que tu me dizia, eu sentia o mesmo se não até mais por ti. Eu senti meu amor, eu te amei Se eu soubesse que era o ultimo toque, o último abraço, o último Eu te amo, eu nunca teria te deixado ir embora naquele dia de setembro …

Desktop1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s