Eu ainda te amo …

tumblr_okpbpf7dmw1rbbwv5o1_500

Um dia esse amor foi para mim. Um dia esse desejo foi o do meu cheiro e aqueles braços estavam abertos para mim chegar. Um dia esses planos tiveram eu como personagem principal. Um dia os teus olhos brilharam pra mim, e os meus brilharam para ti. Um dia eu fiz parte da tua vida moreno. Naquele tempo eu era o teu boa noite e o teu bom dia. Era comigo que você queria conversar e passar a vida inteira junto também. O tempo passou, a vida andou, o meu amor aumentou, e o teu diminuiu. O teu acabou. Eu ainda faço planos, mas você não faz mais eles comigo. Eu ainda quero te dar ” boa noite” antes de dormir, mas você não quer mais receber. Meu coração ainda acelera e minhas pernas bambeam quando você passa por mim, mas o teu coração já nem se quer percebe que eu estou ali. O meu coração ainda grita de amor por ti, mas o teu, o teu já se esvaziou a muito tempo. Amar e não ser correspondida dói. Fazer planos antes de dormir e saber que eles não vão se realizar por que você não quer fazer parte deles. Estar aqui o tempo todo, com o coração todo ralado. Estar ali te fazendo um cafuné mesmo com o coração todo machucado por que você o machucou. E eu nunca me importei. Aliás, me importo demais, só que nunca deixo que você perceba. Não te falo o quando o meu coração grita e esperneia cada vez que te vejo com ela. Não te falo o quando eu choro todas as vezes que não retorna minhas ligações, ou as vezes que esta online e não visualiza minhas mensagens pra não ter que responder. Não te falo o quanto dói perceber que me usa só quando tem um tempo livre. Nem o quanto me machuca me sentir te incomodando, atrapalhando a tua vida. Me sentir sem importância, que estou alí só por estar. Que cê não vai notar eu for embora … As vezes eu penso que se pudesse voltar no tempo faria tudo diferente. Faria um pouco mais, tentaria te mostrar um pouco mais do meu amor. Mas sabe, eu não podia te mudar. Eu podia fazer a minha parte, mas a sua eu não tinha controle, a sua eu não tinha como mudar. Mesmo que eu fizesse tudo que eu podia, o que você faria, já não era minha responsabilidade, eu não podia prever e nem mexer os pauzinhos pra que fosse diferente. Eu não podia lutar sozinha se você não quisesse lutar comigo. Um dia aquele sorrisão abria quando me via, um dia aquelas mãos era as que me faziam cafuné. Até hoje eu choro por não fazerem mais. Mas se você não quer, eu não tenho como fazer mais do que eu já fiz por você …

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s