Não sou tua meio amiga, nem teu meio amor.

tumblr_ouj2wxZFOp1w6mvcgo1_500

Não sou teu final de feira, nem a tua alegria passageira.  Não sou teu pneu de step do carro. Não  sou o teu beijinho no final da noite nem o teu sexo pra dar conta do teu prazer carnal de pegar todas elas. Não sou o teu abrigo e morada só quando te dá vontade. Não sou teu café meio frio, ou é aquele bem quente e forte, ou não é nada. 

Eu sempre fui intensa. Algumas vezes até demais, eu admito, talvez por isso me machuquei tanto. Por que eu sempre fui assim, inteira na amizade ou no amor. E não admito nada a menos que isso. Se eu vou me entregar pra você, se entregue pra mim também, se não for pra ser recíproco, não tem graça, é xoxo, nem me atrapalhe. Eu sempre fui completa e não suporto que nada chegue pra acabar com isso. Se for pra me anular, me esquecer, se não for pra me fazer sentir a pessoa mais completa e amada do mundo eu nem quero.  

Eu não sou o livro velho que você guarda no meio das suas coisas jogadas no quarto. E não, eu não vou aceitar ser mais uma, não vou aceitar ser piadinha de menino imaturo se gabando pros amiguinhos que me tem quando quer, que me faz de gato e sapato. Até por que quem faz alguma coisa de mim sou eu mesma, e eu me tenho demais pra me deixar tão largada assim. Não, não vou aceitar ser teu sexo no final da noite na finaleira pra depois você ir embora e não me dizer nem o teu nome. Não. Não é assim que funciona, pelo menos comigo não.

Eu sou muito minha, eu me amo demais. Se for chegar, que aceite me cuidar também, é o mínimo. Se for chegar, que me valorize e que saiba o mulherão que tem do lado, e claro, que faça por merecer. Se for pra chegar, que me ame todos os dias, que me escreva em eu te amo, que me dê bom dia todo o dia com um beijinho, que me abrace bem forte, compre chocolate e aceite ver um filme de comédia romântica bem coladinho sexta a noite. Não aceito nada a menos que isso. 

Eu sou completa demais pra ser meio termo de alguém. Ou eu sou inteira ou eu sou nada. Se eu sou tua amiga, eu sou amiga de verdade, tua melhor amiga, daquelas que está sempre ali, pra quando precisar. Ombro pra chorar, conselheira de plantão. Se não, nem faço questão.

Ou eu sou o amor da tua vida e inteira pra você, e isso é recíproco, ou faça o favor de nem chegar. Eu quero a mim mesma, eu quero me amar, eu quero me sentir completa, e pra isso não preciso de ninguém que não queira estar aqui de verdade. Intensa. Porque, eu não sua meio amiga, nem seu meio amor. 

Anúncios

2 comentários sobre “Não sou tua meio amiga, nem teu meio amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s