Diário de uma apaixonada crônica: 2

esse

Eu me apaixonei pelo que eu inventei de você. Eu me apaixonei pelo que você era no começo, eu me apaixonei por aquele cara incrível que você era e que fazia todas as minhas vontades. Eu me apaixonei por aquele cara cheio de caráter e princípios e que nunca ia me abandonar.

Você já perdeu tudo que era, tudo que tinha, todos os teus princípios, teus valores foram pelo ralo e eu não gosto mais do que eu vejo quando eu olho pra você. Eu já não gosto mais do que eu sinto com você. Eu não sou mais feliz do teu lado.

Eu não admiro mais o cara que eu amo. Sim, amo. Eu ainda te amo, por que eu nunca deixei de amar aquele carinha incrível que eu conheci a um tempo atrás, só que ele se perdeu com o tempo. Eu não admiro mais o cara que eu amo, eu tenho medo, medo das tuas ideias, eu fico assustada com os teus valores e o que você é capaz de fazer se eu te deixar. Eu tenho medo do que o meu próprio amor pode fazer comigo mesma. É muito duro ver que o amor da vida da gente é uma pessoa que a gente acha feia. Eu não gosto do cara que você se tornou, eu não gosto do cara que eu amo.

Eu sei que é confuso, mas é o que sinto. Eu me apaixonei pelo cara incrível e cheio de valores que eu conheci, eu me apaixonei pelo cara que você foi por alguns meses, mas eu detesto a pessoa que eu vejo hoje. Eu tô presa nas tuas promessas, nos teus braços, nos teus sorrisos, eu tô presa na ideia de que você vai voltar a ser o que era antes mas não vai. E o meu coração não consegue aceitar isso.

Eu me apaixonei pelo que eu inventei de você. Eu me apaixonei pelo que eu invento diariamente pra poder achar que é com você que eu quero passar o resto da vida e quem eu quero que seja o pai dos meus filhos, mas na verdade não é.

Eu só apaixonada pelo que você era …

Anúncios

Te espero em casa

1

Eu sempre vou estar aqui. Eu te amo mais que tudo nesse mundo e eu quero te fazer a pessoa mais feliz também. Eu quero te ver lá em cima meu moreno, eu quero que tu tenha sucesso em tudo que tu quer fizer, eu quero te ver subir cada degrau e eu vou estar com você em cada um deles. Pra te apoiar e te amar incondicionalmente.

Eu vou estar contigo pra pular nos teus braços e dizer que tu é o cara e cada vitória que conquistar. E eu peço que segure a minha mão também. Eu vou estar aqui pra te cuidar e ver esse teu sorriso lindo a cada manhã e te fazer cócegas pra provoca – lo. Peço que me provoques sorrisos também. Preparar aquele café quentinho no domingo de manhã cedo, com aquela torrada e claro, a tua geleia de uvas. Bom, você sabe como eu gosto do café. Ver um filme bem coladinho no sofá, com cobertores e uma boa tigela de chocolate — eu sei você sempre reclama que eu te engordo , mas eu amo chocolate, cê sabe — e bem agarradinhos, pode até ser até os de ação cheia de coisas explodindo e aventuras que você gosta. Você sabe o tipo de filme que eu gosto.

Eu vou estar contigo nos melhores e nos piores momentos também, vou ser a tua melhor amiga pra eternidade. Eu serei a tua melhor amiga no mundo inteiro. Peço que seja o meu melhor amigo também. Vamos conquistar esse mundão juntos moreno. 

Eu quero cuidar de ti pra sempre — peço que cuide de mim também —

Sai pra lá moreno, eu não quero mais você

tumblr_p1bxspxyUI1u7y1eoo7_250

Leia ouvindo This is what you came for – Calvin Harris e Hianna

Não moreno, eu não te quero de volta. E sai pra lá que se tá atrapalhando a minha diversão. Eu tô muito bem como eu tô, eu tô muito bem sem você.

Desde que cê foi embora eu tô curtindo a vida adoidada e eu tô adorando. Eu saio quando eu quero sair, eu bebo quando eu quero beber, conheci um par de amigos novos e a gente se diverte muito por essa cidade, como se não houvesse amanhã.

Desde que cê foi embora eu tô descobrindo a mim mesma e eu tô amando me amar. Cê sabe, que eu tenho a capacidade de me fazer muito feliz. Ô se tenho. Tô apaixonada em mim mesma.

Cara eu sou o mundo, sou divertida, eu sou feliz. Cara eu sou uma mulher incrível. Um mulherão da porra se preferir, já ouvi esse termo por aí e adorei.

Esses dias eu peguei a minha velha câmera profissional, que vivia socada em baixo dos teus livros, fui pro Parque Nacional e tirei umas fotos incríveis, cê sabe que eu sempre amei fotografia. Descobri um café maravilhoso do jeitinho que eu gosto lá na padaria da esquina da frente e passo todos os dias lá, tomo o meu café e penso em mim mesma. Sexta passada eu saí com meus amigos e a gente zuou muito, tomou uma ou três cervejas, pra falar a verdade perdi a conta, e passamos a noite toda fazendo palhaçada, conversamos a noite inteira.

Sai pra lá moreno, eu não quero mais você. Eu tô bem melhor sozinha. Bye Bye!

Nota: Não reclame, foi você que me deixou ir embora.

To cansada de arrumar a bagunça que você deixa sozinha

2

Tô cansada de ficar colando os pedaços toda vez que você vai embora. Tô cansada de ter te superar uma vez por mês e quando eu já tô quase lá cê volta pra me lembrar de tudo que aconteceu e de quanto você foi um idiota. E de quanto mesmo com tudo isso eu ainda sinto por dentro.

” Eu tô cansada de arrumar o caos que você deixa aqui sozinha” por que na hora que eu mais preciso você mete o pé e não tá nem aí pro que eu sinto. Eu não existo mais pra você. Também tô cansada de te ver voltar com a maior cara de pau como se nunca tivesse feito nada e como se nunca tivesse destruído o meu coração e os planos que eu tinha feito pra gente. Tô cansada de te ver brincar comigo nesse teu joguinho ridículo.

Escuta aqui moreno, o meu coração não é parada de ônibus não pra você ficar entrando e saindo. Tem alguém aqui dentro. O no meio desse teu zigue – zague tem uma pessoa aqui dentro, que sente, sofre, e que infelizmente ainda gosta de você é você não tem o direito de fazer isso, nem comigo, nem com ninguém.

Tô cansada de tirar força de onde eu não tenho arrumar, pra te superar. E tô cansada de acabar comigo mesma a cada vez que você volta e depois vai embora de novo e eu fico me culpando por ser tão idiota e por ter caído no mesmo papo furado de novo.

Chega moreno, eu não sou teu pertence, não sou teu jogo, tua mercadoria, e uma hora cê vai ter que aprender isso. Vai embora. Chega acabou. O teu tempo acabou, e foi você que provocou isso.

RESPEITA AS MINA

1

Coloca uma coisa na tua cabeça, o corpo dela só pertence a ela mesma. O corpo dela não é um fetiche, não é tua fantasia e muito menos o teu objeto sexual. Ela não usa roupas curtas pra chamar a tua atenção. Ela não arruma o cabelo pra chamar a tua atenção. Ela também não sai tal hora na rua pra chamar a tua atenção, muito pelo contrário, ela não tá nem ligando se você está ali ou não.

O corpo dela, é dela. Ela usa a roupa que ela quer caramba. Ela é uma pessoa, um ser humano assim como você. Tem compromissos assim como você, tem princípios, tem caráter, tem vontades. Ela sai pra trabalhar de manhã cedo, cuida da casa, dos filhos, ela é a mulher maravilha. Ela equilibra mil coisas ao mesmo tempo. Ela tem o direito de poder fazer o que bem entender.

O corpo dela, pertence a ela mesma, ela coloca a roupa mais babado que ela tem no armário, faz uma maquiagem de duas horas e coloca um salto 15, sabe por que?  é pra se olhar no espelho e dizer — tu tá gata em mana! ela se arruma pra se sentir bem, com ela mesma, não pra você. E se ela quiser usar um vestidão e um salto quinze, ou uma camisa e um short e uma rasteirinha nos pés, o problema é dela, ela usa o que ela quiser. E seja como for, isso não te dá o direito de gritar ” gostosa ” do lado dela  na rua.

Não, pode espernear a vontade, cê tá errado cara. Aceita. E não vem com essa de ” não pode elogiar “, por que a partir do momento que o teu elogio constrange a mulher, já não é mais elogio. E esse tipo de coisa constrange. Ela quer andar com a roupa que ela quer, que ela gosta, a hora que ela quer. Ela quer fazer o que quer, e ela tem esse direito. Se ela quiser ir pra festa, se ela quiser beber, ela bebê, e você, não tem o direito nenhum de fazer alguma coisa com ela por isso.

Cês tem a ideia de por que teoricamente o homem ” protege ” a mulher, a mulher é inferior. E não, não é. Tem mulher guerreira que cuida de uma casa sozinha, cuida dos filhos e ainda se protege sozinha também. Mulher não é inferior a ninguém. Somos todos iguais. Por isso todos merecem respeito.

RESPEITA AS MINA!

O meu amor é uma prisão

2

Eu te odeio por não conseguir me livra desse amor mesmo sabendo que é melhor. Eu te odeio por ser completamente apaixonada por você, as vezes eu acho que eu te amo mais do que a mim mesma. Eu te odeio por sinto que eu te pertenço, por sentir que a minha vida nunca vai ser boa sem você é por ter tanto medo do que você vai fazer se acaso eu te deixar.
Eu de odeio por você me fazer passar por cima de qualquer princípio, de qualquer vontade ou de qualquer crença minha. Eu odeio por me anular sempre pra ter que te aceitar.  Eu te odeio por te amar tanto que eu não consigo me livrar desse amor. Por não me imaginar com outra pessoa. Eu sinto que se eu ficar sem você, eu nunca mais vou viver um amor assim. Nunca mais vou sentir meu coração explodir e o meu corpo adormecer.
Eu to numa prisão, eu não consigo sair daqui mesmo sabendo que tem um mundo gigante lá fora e que pode ser muito melhor do que essa merda que eu vivo. Eu to presa aqui dentro, presa nos teus olhares, nos teus braços, nos teus planos, nas tuas promessas. Eu to presa nesse amor. Eu to presa mesmo sabendo que se eu for embora, eu vou ter onde me abrigar, mas a ideia de ficar sem você me assusta. Eu tenho medo de ter uma recaída.
É aquele amor bandido, que é proibido. É como um vício, eu sei que me faz mal, mas eu não consigo parar.

Me devolve o que eu era antes de te conhecer?

1

Me devolve o que eu era antes de te conhecer, antes de você passar na minha vida. Me devolve a minha essência, me devolve a minha pureza, o meu sorriso, o meu modo de acreditar no amor eterno e encantado. Me devolve a pureza de tocar nas flores com o coração limpo, e um olhar que brilha. Me devolve o meu coração como ele era, assim como ele tava quando você chegou.

Eu não queria ter visto o que eu vi, não queria ter vivido o que  eu vivi. Eu nunca imaginei que o mundo fosse tão mal lá fora, eu vivia aqui dentro, e aqui todo mundo é bom. É aí tu chegou moço e me levou pro teu mundo escuro, torto, pro teu mundo cheio de coisa ruim, pro teu mundo vazio de caráter, vazio de princípios, vazio de tudo. Me devolve a pureza e a inocência você me tirou.

Me devolve o coração que eu tinha moço?  apaga da minha mente tudo que eu vi. Apaga da minha pele tudo o que eu ganhei, o jeito que eu virei, as cicatrizes que eu fiquei. Eu nunca mais vou ser a mesma, e a culpa é sua. E eu te odeio por isso.

Me devolve moço, o que eu perdi de mim por tua causa?