Você foi a pior coisa que aconteceu na minha vida

6

Um dia você disse que não queria ser mais um dos meus namorados que me fez sofrer. Você foi a pior coisa que aconteceu na minha vida. Era tudo da boca pra fora. Cê disse que não queria me machucar e machucou. Cê disse que nunca ia me abandonar e abandonou. Cê disse que sempre ia me cuidar a não cuidou. Cê disse que sempre ia me amar, e me humilhou.

Você foi a pior coisa que aconteceu na minha vida.

Eu acabei comigo mesma por você, eu fiquei fraca de tanta força que eu tinha que ter pra segurar o nosso amor enquanto cê só fazia merda uma atrás da outra. Eu fiquei fraca, e quando eu mais precisei de você, você foi embora.

Cê não ligou se eu tava ali, naquela cama de hospital por você, cê queria sair pro mundo, viver tua liberdade. Cê tava preocupado demais abraçando o mundo e eu tava ficando chata.

Todas as vezes que cê ficou mal eu tava lá, cuidando se ti. Até quando eu não precisava mais fazer isso, eu tava lá, eu sempre estive lá. Não importava o que acontecesse o quanto me doesse, mesmo se eu tivesse morrido por dentro, se você precisasse, eu tava lá. Eu sempre estive ali. Eu fiquei fraca, eu fiquei perdida de mim mesma, eu me afundei. E quando eu mais precisei de você, você não tava lá. Quando eu mais precisei do teu carinho, do teu cuidado, cê tava cuidando de outras.

Eu acabei comigo mesma, e cê não tava nem aí. Eu tava agonizando de dor e você só me dava mais dor  pra agonizar por mais tempo. Eu tava agonizando de dor e você pisava mais ainda, chutava cachorro morto, feria ainda mais onde tava sangrando. Eu pedia pelo amor de Deus pra você parar e cê só fazia mais e mais.

Você mesmo já disse, ” e mesmo depois de tudo que eu fiz cê ainda tá aqui? ” pois bem, não to mais.

Anúncios

Por que cê acha que pode me humilhar?

4

Por que cê acha que pode me humilhar? fazer pouco caso do que eu sinto, me desprezar, por que cê acha que pode apontar na minha cara e dizer que eu to errada quando você fez muita merda pra mim até hoje? não tira o teu corpo fora moreno, cê não tá em condições de apontar o dedo pra ninguém nem de apontar o dedo na minha cara e dizer que eu to errada, cê já fez muita merda, me machucou demais nesse tempo que eu to aqui. Cê pode dizer que é inocente pra quem tu quiser, mas entre nós dois cê sabe que já fez muita merda e me magoou demais. Pra quem te vê de fora é fácil julgar, te achar o coitado e que eu que te machuco, pra quem  só vê o teu lado da história e o que tu quer mostrar, é fácil apontar o dedo e me julgar. Só que quem convive contigo no dia a dia sabe que não é bem assim, que cê já fez muita merda. E você sabe também. Você sabe tudo que já fez e a quantidade infinita de vezes que já me pediu ” desculpa”. A quantidade infinita de vezes que segundos depois de ter acabado de me pedir desculpa me machucou de novo, e eu ali com cara de tacho, morrendo de vergonha pela vergonha que você me fez passar e das pessoas que já tinham me avisado que não valeria a pena e mesmo assim eu tentei te ouvir, e sempre quebrei a cara por que cê nunca mudou. Continuou sempre fazendo a mesma coisa e eu levando pedrada, ” eu te avisei” ” cê é trouxa” ” eu disse pra não ir”. Pois é, todas as vezes que eu ouvi isso eu fui, eu nunca perdia a esperança de você mudar. Mas você conseguiu, agora tudo que eu tinha e a esperança em você acabou.

Acabou tudo. Desisto. Você não vale mais a pena. Cansei. Eu já to decidida que vou embora da tua vida e a cada atitude tua eu vejo mais ainda que a minha decisão tá certa.

Se você gostasse de mim de verdade, cê não me deixaria chorar, não me faria chorar. Se você gostasse de mim cê me tratava bem, me acolhia, me acarinhava. Mas não, cê só sabe xingar, brigar, humilhar, desprezar. É por esse amor que você quer que eu fique? pra ser xingada a vida inteira? é pra isso que você quer que eu largue tudo? pra ser mal tratada, humilhada, pra viver chorando?Pra ser machucada. Pra você fazer piada de mim. Cê é pra ser tratada feito bicho eu não quero não. Como é que cê quer que eu fique se cê só me maltrata?

Não tira o teu da reta moreno, cê já fez muita merda e tu sabe disso. Cê não tem moral pra me humilhar.

É só você que pode seguir a tua vida? é só você que pode me ligar bêbado com duas mulheres do lado me falando um monte de merda. Sair pra transas aleatórias e meninas vazias que só te querem pra aquilo e nem lembram o teu nome no dia seguinte? que pode conhecer novas pessoas, sair dançar, beber, beijar. Por que eu não posso seguir a minha vida?

Eu to errada?  Por querer me afastar de um cara que só me maltrata? que me humilha, me faz passar vergonha na frente das pessoas, que despreza o meu sentimento? Que me ofende, que me xinga. Que pisa no que eu sinto com a maior naturalidade. Eu to errada por querer sair de um relacionamento onde eu não sei mais que é respeito, amor, carinho, cuidado? Eu não sei mais o que é cuidado. Você não cuida mais de mim, você não me respeita. Eu quero amor moreno amor, aquele amor que você tinha no começo mas com o tempo cê foi perdendo todo. Cê já perdeu tudo de bom que sentia e fazia por mim. Cê já estragou tudo com esse teu jeito grosso. Eu não quero mais isso moreno, eu quero amor, eu quero ser respeitada, cuidada, amada, eu quero me sentir bem. Eu quero sorrir moreno, com você eu só choro.

Para de achar por um momento que cê é tão machucado e para pra pensar no quanto você machuca. Cê também faz mal. Para pra pensar um pouco.

Por que cê acha que tem o direito de me humilhar moreno?

Cadê aquele cara que me pediu em namoro?

3

Cadê aquele cara que me pediu em namoro na frente do meu serviço de joelho na parada com um coração na mão? Cade aquele cara que fazia café da manhã pra mim e que me fazia sorrir a cada minuto? Cade aquele cara que era o meu porto seguro e o meu apoio quando eu tava cansada de tudo e queria fugir, e fugia pros teus braços, cadê? A minha força, o meu porto seguro, o meu sorriso. Cadê o meu menino doce que me compreendia, me acolhia, me fazia bem? cadê aquele menino leve, aquele que me deu uma blusa azul com varias ancorazinhas que me contou uma semana antes por que não conseguia guardar segredo? Aquele cara que me tratava como eu nunca tinha sido tratada. Que me compreendia como eu nunca tinha sido compreendida, aquele cara que era o meu melhor amigo. Cadê aquele cara meus Deus, cadê o meu menino doce com o qual eu aceitei namorar?

Aonde você escondeu ele? traz ele de volta, por favor.

O que que você se tornou? O que que a gente se tornou? Pra onde foi tudo aquilo por que desse jeito? Quem é esse aí que eu vejo agora, quem é? Eu não conheço ele. Eu nunca namorei com ele.

Eu namorei com um cara lindo, meio gago e míope, com um aparelhinhos nos dentes que deixa ele mais lindo ainda. Um cara incrível que foi até o meu serviço com um coração na mão e me pediu em namoro na parada, e me deu um sonho. Eu namorei um cara que me dava o melhor carinho do mundo e que era o meu porto seguro, pra quem eu fugia quando o mundo lá fora tava ruim demais. O cara que me fez um café da manhã bem simples, por que ele não tinha dinheiro pra me comprar muita coisa, mas que foi o melhor café que eu já tomei, por que ele fez pra mim. Eu namorei o cara que me deixava deitar no ombro dele e dormir, que me fazia cafuné. O cara que me acordava com beijinho, e cuidava tudo que fazia pra não me magoar. Eu namorei um cara leve, divertido, a gente até botava música, dançava que nem loucos na sala um pior que o outro. Os dois magrinhos e loirinhos. A gente via filme junto bem agarrado. A gente fazia misturança louca de comida e comia pra caramba. Eu fazia carta pra ele, dizendo como eu tinha tido sorte de ter ido naquele passeio por ter me dado ele. Eu acordava com um sorriso imenso no rosto sabendo que eu ia ver aquele lindo sorriso de biquinho pela manhã.  Aquele cara que ia me buscar na escola e que contava cada minuto pra me ver. Aquele cara que não queria que eu fosse embora nunca e tinha sempre um sorriso pra mim. Ele me abraçava bem forte, me beijava a testa, ele me protegia. Ele não deixava ninguém me fazer chorar.

Eu não vejo mais aquele cara em você.

Enquanto cê acha que tá tudo bem, cê tá me perdendo cada vez mais moreno

1

Já é a segunda vez que você me deixa aqui mal quando eu mais preciso de você. Já é a segunda vez que você me larga quando eu mais to sentindo a tua falta pra ir pra mais uma das tuas meninas.

Eu não vou aguentar isso por muito tempo. Eu to cansada. De tudo. Cansada das tuas conversas, das tuas declarações e de quando eu preciso você nunca tá lá. To cansada de ser esquecida moreno. De ser deixada de lado. Eu to ficando cansada de ser o teu step.

Eu to cansada de ver como tu tá comodo com essa situação achando que eu nunca vou embora. Achando que me tem na mão. Que nunca vai me perder.

Pois é, vai pensando moreno, enquanto isso cê tá me perdendo um pouco mais a cada dia e nem ta percebendo. Eu to ficando cheia. To cheia de implorar atenção. To cheia de ver o teu descaso comigo. Com o que eu sinto, com o que eu ligo. To cansada de apostar todas as minhas fichas em você e perder tudo que eu tenho.

Eu já perdi tudo que eu tinha. Eu não tenho mais nada o que cê quer que eu dê por você? O meu amor próprio que cê já levou?

Eu to me corroendo. Eu to morrendo por dentro. Você tá morrendo aqui dentro e tá achando que tá tudo numa boa. Você não tá cuidando do que tem e isso já a muito tempo até mesmo quando jurava que me amava e fazia todas aquelas declarações gigantescas. Aquilo ali nunca saiu do papel.

Pra quem lê aquilo ali eu devo parecer uma carrasca, uma ingrata. Mas só quem tava vivendo na pele sabe do que eu to falando. Só quem tá ali no dia a dia sabe do que eu to falando.

O teu amor, o teu cuidado, não passam do papel e das palavras bonitas. As tuas atitudes e os teus gestos mostram outra coisa a muito tempo, e eu to farta disso.

E não, não vem jogar pra cima de mim a responsabilidade como você adora fazer, dizer que eu não te dou atenção. De que maneira eu vou te dar atenção? a gente só da o que recebe, e que atenção que eu recebo de você? eu não tenho o que te dar. Eu to vazia,você já tirou tudo de mim.

Enquanto eu tenho que fingir que to feliz e satisfeita com o teu meio sorriso de canto pra dizer que me ama, você tá se perdendo em pedaços do meu coração aqui dentro. Enquanto eu tenho que dizer que você me da prioridade mesmo quando eu to vendo que eu sou só o final da feira, isso se não tiver nenhuma sobra mais nova né, cê tá morrendo um pouco mais aqui dentro. Cada vez que eu tenho que fingir que tá tudo bem você tá diminuindo em mim.

Eu quero sentir que eu faço falta. Eu quero sentir que você quer estar comigo que a minha companhia é essencial e que se não tiver ela o seu dia não vai começar bem. Eu quero beijo na testa quando eu acordo mas eu quero sentir que você tá preocupado se eu estou bem. Eu quero teu cafuné no sofá mas eu também quero ver você falando que não quer que eu chegue tarde por que é perigoso na rua e não quer que nada aconteça comigo. Eu quero sentir que é recíproco. Mas eu não sei mais o que é recíproco vindo de você.

Enquanto cê acha que tá tudo bem, cê tá se perdendo em pedaços aqui dentro moreno.

Desculpa meu menino

esse

Me desculpa moreno, eu nunca quis ser assim. Eu nunca quis ser essa pessoa. Eu acho tudo isso tão feio, eu detesto detesto de verdade. E detesto pensar que eu fui assim um dia. Hoje entendi.

Literalmente hoje, não é um tempo verbal. Hoje eu ouvi palavras que me fizeram entender o tamanho de tudo que eu fiz, mesmo não querendo fazer nada. Com o meu exagero, o meu descontrole, eu tava te perdendo e te sufocando cada vez mais. Você tava se afastando, e eu nem tava percebendo. Eu achava que tava te cuidando, mas na verdade, eu tava te perdendo.

Hoje eu entendi, o quanto eu te prendi, como eu te controlava, queria controlar tudo o que fazia ou o que sentia. Queria controlar as pessoas que chegavam até a ti ou a tua maneira de trata – las. Eu não te deixava respirar, eu pedi tanto liberdade pra você, e presa na minha liberdade, eu fui corroendo a tua e não percebi que você tava se perdendo de você mesmo, e que eu era a culpada disso. 

Me desculpa meu menino, me desculpa ter sido tão ematura ao ponto de fazer uma coisa dessas contigo. Me desculpa por nunca ter parado pra te ouvir, apesar de você ter me ouvido tanto, todo esse tempo. Me desculpa por não te dar a liberdade de ser você mesmo. Por não te compreender, como você fazia comigo. Me desculpa por não ter conseguido te fazer feliz. Me desculpa meu menino, de coração . . .

Hoje eu sei. Que eu devia ter te ouvido mais, te deixado voar. Hoje eu vejo que eu devia ter entendido tua dor. Me desculpa por ter sido tão ematura a ponto de não te dar e melhor, como eu sempre disse que daria. A ponto de não te fazer ver a cor do mundo lá fora por que te prendia no meu mundo aqui dentro.

Eu sei moreno, que eu não devia ter feito o que eu fiz. Que eu deveria ter aceitado mais.  Que eu deveria ter cedido mais, como eu sempre disse que o amor era, ceder.

Eu sempre disse que no amor, a gente tinha que aprender a se encaixar um pouquinho um no outro. Que ela devia um dia topar ir no parque andar de bicicleta, correr, mesmo que detestasse exercício físico, mas por que ela sabia que ia deixar ele feliz. Ele pegaria um dia da semana pelo menos pra comer umas besteiras como ela gosta, por que ele sabia que ia deixar ela feliz. Eu sempre disse que o amor era saber ceder de vez em quando, mas eu não soube praticar o que eu dizia. Me desculpa meu menino, me desculpa.

Hoje eu sei, que devia ter te ouvido. Relevado. Te compreendido. Você nunca me deu motivo pra fazer aquelas coisas. Você só pensava diferente, e eu não soube aceitar. Hoje eu sei que eu devia ter confiado em ti quando dizia que me amava e que nada ia acontecer, e deixado você ser como era. Eu devia confiar em ti, assim como você sempre confiou em mim. Hoje eu sei que eu devia ter te aceitado do que jeito que você é. Te compreendido.

Hoje eu entendo o quanto eu fiz, mesmo que eu só quisesse te fazer o bem, acabei fazendo mal. Me desculpa meu menino.  Me desculpa ter entendido isso só quando eu perdi tudo que tinha. Me desculpa.

Eu nunca quis ser assim. É horrível. Eu nunca quis ser assim. Eu vou mudar. Eu vou me esforçar pra melhorar a cada dia, não por ti ou por nós, mas pra mim. Pras minhas palavras aprenderem a condizer com as minhas atitudes.

Entre os erros e tropeços que nós cometemos, eu sei que esse foi o meu, me desculpe meu menino.

Eu vou mudar, pra que no futuro, eu possa ser a mulher que eu sempre quis ser. A mulher que eu sempre quis pra mim.

Pra que um dia se talvez a gente se encontrar por aí, eu possa me apresentar novamente. – Prazer, eu sou a mulher que eu sempre admirei.  

O meu Superman

3

Eu te amo por que cê é a melhor pessoa que eu já conheci. Eu te amo por que as tuas falhas combinam com as minhas direitinho assim como as qualidades. Eu te amo por que o meu cheiro ama o teu. Eu te amo por que a cada dia que passa eu vejo em ti o meu futuro e todos os meus planos se realizando e você ao meu lado segurando a minha mão em todos eles. Eu te amo por que tu é o meu melhor amigo, cê sabe os meus maiores segredos e guarda eles no fundo do coração, cê já me viu toda arrumada com a minha melhor roupa e aquela maquiagem que eu demorei séculos pra acertar e me disse o quanto eu estava gata, assim como sem maquiagem com a cara toda errada cheia de espinhas, minhas estrias, aquelas celulites que eu odeio.

Você já me viu nos meus piores dias quando eu implicava com tudo nada tava bom e tudo que você fazia ou falava tava errado, fazia birra, minhas pirraças bobas, mas você sempre tava lá, me aturando, e ainda tinha a paciência e a calma pra me abraçar e dizer que tava tudo bem, que eu não precisava ficar assim, fazia um cafuné nos meus cabelos até eu dormir.

Eu te amo por todas as vezes que cê topa assistir aqueles filmes chatos e melosos que cê nem gosta muito, ou aquelas séries repetidas que eu já vi mais de mil vezes e mesmo assim continuo querendo ver de novo. Eu amei aquela vez que você acordou mais cedo de manhã pra fazer um cafézinho e me levou na cama, eram coisinhas tão simples mas mais saborosas do que qualquer buffet de restaurante chic desses que tem por aí. Eu amo como você mesmo não podendo me dar tudo que quero quando pode se desdobra pra me dar um pouquinho que for com o que você tem, eu amo cada partezinha disso por que eu amo te ver querendo me agradar assim.

Eu amo como você cuida de mim, como me entende, quando as vezes nem eu me entendo, ou quando me suporta quando eu fico insuportável. Você é meu super homem. O meu Superman. 

E eu te amo demais meu anjo, eu prometo estar aqui em todos os teus momentos, desde os mais difíceis até os mais alegres sorrindo ao teu lado. Eu prometo cuidar de ti como sempre cuidei e fazer um cafuné sempre que você tiver de saco cheio do mundo lá fora e precisar de colo. Eu prometo ser a tua melhor amiga hoje, e pra sempre. Tua confidente. Cê sabe que pode contar qualquer coisa pra mim, dividir os teus segredos, teus defeitos, teus medos, teus receios, tuas qualidades, teus sorrisos, tuas vitórias. Eu te amo meu super herói. Eu te amo meu Superman. 

Você pode me chamar de idiota por eu ter fracassado, mas eu saí livre dessa

2

Eu sei, não deu certo. Você pode me chamar de burra, tapada, errada do que quiser, eu não ligo. Eu sei, não deu certo. Mas não, não acho que tenha sido trouxa ou qualquer outra coisa do tipo por ter fracassado, eu vou embora, mas vou embora com a certeza de que eu encerrei o meu trabalho aqui e que não tinha mais nada pra fazer mesmo. Eu vou embora com a certeza de que não ficou nada pendente, e que se não deu certo, é por que não era pra dar. Eu posso ter fracassado como você diz, mas eu não vou ficar imaginando a minha vida inteira o que teria acontecido se eu fizesse isso ou aquilo. Por que eu fiz. Eu dei tudo de mim, eu caí milhares de vezes e levantei, em busca do meu objetivo, em busca de você. Eu tentei, com tudo que eu podia. Mas tudo que eu podia te dar não era o suficiente, você queria mais, sempre quis mais, esse sempre foi o problema. Você quis mais do que os seus braços poderiam segurar. Você quis o mundo inteiro aos teus braços, só que você não pode ter tudo . . .

Eu tentei, fiz um papel idiota, desnecessário não me importa, fale o que quiser. Foi necessário pra mim. Eu provei pra mim mesma que a culpa não era minha e que eu não tinha feito nada de errado. Eu provei pra mim mesma que não tinha mais nada pra mim ali, então ei fui embora.

Me chame do que quiser, mas só eu sei do que eu preciso e se foi ou não melhor pra mim assim. E quer saber? foi. Foi melhor assim. Foi o caminho mais longo e mais doloroso do que se talvez eu tivesse ido embora mais cedo, mas acredite, foi o melhor pra mim. Só assim eu vou conseguir ir embora em paz. Eu fiz, eu fiz isso, eu fiz aquilo, e nada deu certo. Agora eu to livre.

Livre pra mim mesma. Agora sou eu que preciso de colo. E agora sou eu quem vou cuidar de mim mesma. Eu vou preparar um café bem quente e focar em mim mesma. Obrigada moreno, obrigada por me ajudar e enxergar isso.
Você pode dizer qualquer coisa, mas dessa jornada eu saio com a certeza de que, eu tentei, a se tentei.