Eu estava aqui o tempo todo …

Eu estava aqui o tempo todo. Estive aqui durante todo esse tempo. Eu esperei até o ultimo momento para que você se desse conta de que me ama. Esperei você entrar por aquela porta todas as noites e até ensaiei o que dizer, mas você nunca veio Perdi as contas de quantas vezes te liguei, mas você deixava tocar até a ultima chamada para parecer que não tinha ninguém em casa Quantas vezes e vezes eu caí, e levantei. Desviei milhares de caminhos para te encontrar casualmente. Cheguei atrasada na sala de aula só porque queria te ver mais um pouquinho tocar Eu estava aqui o tempo todo. Aquela chata lembra, que ficava no teu pé, enquanto você queria o resto do mundo. Até hoje eu estive aqui. Até hoje. Mas não posso mais ficar esperando que um dia você se dê conta de que eu sou a mulher da tua vida. Eu sempre estive aqui. Agora eu vou ir embora. Cansei, preciso seguir minha vida. Ela tá paralisada, estagnada na tua parada. Eu preciso ir para a frente não é? e eu só vou conseguir fazer isso se eu for embora. Esse teu cheiro, esse teu abraço, esse teu carinho, eu não posso com eles. Eu preciso ficar longe, preciso ir embora. Vai doer, eu vou morrer por dentro por um tempo, mas eu preciso deixar alguns pedaços morrerem agora, para poder depois viver inteira de novo Eu preciso ir embora para poder ir viver a minha vida e parar de viver a tua … Até porque você tá seguindo a sua e muito bem. Não precisa de mim. Pois bem, vou procurar alguém que precise É porque a nossa história parece que nunca terminou realmente, parece que o fim ficou sempre por ver depois. Pois, agora, eu preciso por um ponto final. Preciso disso. Como todo apaixonado, preciso ir embora por um tempo para te tirar daqui completamente. Eu preciso aprender a te esquecer. E é isso que vou fazer. Eu to seguindo a minha vida, to com outros planos. Já apareceu alguém na minha vida, uma nova estrada, e eu estou disposta a segui – lá Eu estive aqui o tempo todo, agora eu preciso ir embora meu amor, adeus …

tumblr_ocj8kfn51w1rbbwv5o1_500

Anúncios

Você se tornou dor …

É meu bem, você mudou. A algum tempo atrás eu conheci um menino doce, de encanto. Que eu chamava de príncipe, porque fazia eu me sentir como uma princesa. Eu me perdia de amor nos teus braços, tu não tem noção do quanto. Era amor que transbordava, pelos coração que quase saia pela boca quando te via e pelos olhos que brilhavam uma luz que podia iluminar o resto do mundo de tanta alegria que eu ficava aqui no peito ao te ver Aquele meu abraço apertado, beijinho na testa e cuidado. Aquele meu anjo que me trazia um sorriso em cada manhã, no fim de tarde, a noite, todos os dias É meu bem, você mudou. Mudou o cabelo, deixou a barba crescer, e o coração endurecer. Eu não te conheço mais. Não sei de onde veio esse menino frio que hoje eu vejo. Sem sentimento algum machuca, fere, dilacera em mil pedaços todas as partes do meu corpo com apenas uma palavra. Essa tua frieza, indiferença, essa tua carinha de sem vergonha, e esse teu olhar, que eu nem conheço mais. Teu desapego me machuca, essa tua mania de ficar pulando de galho em galho. Aquela garanhão que pega todas as meninas da cidade, para satisfazer suas noites de prazer … Aquele coração frio, que usa o meu coração, que pulsa aqui dentro todos os dias morrendo de amor por ti. Eu vejo esse sentimento jogado, pisado, pisoteado ali no chão. Com uma fila de pés passando por cima. Eu vejo o meu sentimento, mais do que tudo machucado. Sabe, eu não sei mais dizer o que aconteceu. Você já quebrou, jogou na parede, despedaçou, e quebrou mais um pouco. Eu não sei nem como ele continua aqui. Parece que ele gosta de sofrer … você usa, usa – o como se fosse um casaquinho, que achou bonito para ir a balada, e no outro dia joga na lata de lixo porque não lhe satisfaz mais. E eu fico ali, jogada, me sentindo humilhada, usada, abandonada. Mais um joguinho, mais um momento de diversão para o jogador nato … Cê sabe o quanto dói? ver que a pessoa que eu mais gosto no mundo, me olha como se eu fosse apenas uma passatempo, me usa como um acessório de sua vaidade, um beijinho de fim de tarde, e o pior, você imagina o quanto dói em mim mesma todos os dias ver que eu deixo isso acontecer. Que eu mesmo jogo meu sentimento pro alto em troca de um míseros segundos. Que eu mesma não me dou o valor que merecia. É uma dor, muito grande moreno. Demais. Eu não te conheço mais, aquele meu anjo, ele sabia valorizar o sentimento de quem amava. Ele sabia o que era amor. Ele não maltratava. Ele não tinha esse gelo no lugar do coração Eu não te conheço mais, eu não te encontro mais moreno, em meio a esse mar de lágrimas que você se tornou

Desktop

Aí vem a vida e nos mostra que o amor pode estar em uma manhã de domingo …

O tempo passa e aí a vida mostra que ainda tem muita coisa para acontecer De repente em uma manhã de domingo a gente conhece uma pessoa que vira o nosso mundo de ponta a cabeça e mexe lá no fundinho, naqueles sentimentos que estavam entranhados por lá. Mexe e remexe e mostra para a gente que também é bom amar. Mexe com todas as nossas emoções e faz a gente encantar de novo, o olho brilhar sabe…  aquele cafuné, aquele abraço apertado, aquele sorriso ao me ver. É tão bom né? sentir que é desejada naquele lugar, naqueles braços Abrir um sorrisão com uma declaração, ou se não só um beijinho na testa mesmo, que já é uma das melhores que a gente pode ter. A sensação de que ele quer cuidar, abraçar, agarrar bem forte e nunca mais soltar. Que a gente pode amar de novo com toda a certeza de que vai ser recíproco. Aí vem a vida e mostra para gente que também é possível passar por cima de algumas velhas ideias se for pelo amor. Porque quando tem amor, é ele que importa. Aí vem a vida e faz a gente sentir aquele friozinho na barriga de novo, ficar ansioso para o encontrar e abrir um sorrisão ao o ver. Perder a fio da meada e que horas são porque tava pensando nele e acabou se distraindo. Mesmo quando a gente luta porque acha que aqueles velhos sentimentos nunca iriam ir embora e que aquela era a pessoa certa e ponto final. Aí vem a vida e mostra para a gente que a pessoa certa, também pode ser um pouquinho errada. Aí vem a vida e mostra para a gente que existe outros laços, outras cores. Vem aquela pessoa que abre aquela gigantesca armadura que a gente põe pelo medo de amar. Aí quando a gente já tá conformada, vem alguém e mostra que não é só isso. Vem aquela pessoa e mostra para a gente que quer nós dois. E mesmo quando a gente luta para não mudar ela vai entrando, de pouquinho a pouquinho, com paciência, mas muita paciência mesmo … e ela consegue mexer com alguma coisa aqui dentro. Aí vem a vida e nos mostra que o amor ainda reserva muito sorriso para fazer a barriga doer

tumblr_ocowfkbfde1u53p6ko1_500

 

Eu, o papel, e uma xícara de café …

caneta-pena3Ele é meu melhor amigo. Eu e o papel temos uma relação de anos, e amo tudo isso Para ele eu posso contar tudo, absolutamente tudo, cada pedacinho, cada emoção, cada angustia, cada paixão, escrever com o coração Nele eu posso me deitar e me jogar de cabeça, contar tudo que acontece nos mínimos detalhes. Sem medo das palavras rudes, do julgamento, ou aquele velha expressão de decepção de alguém me dizendo Eu Te Avisei … caramba, eu sei que  fiz tudo errado tá. Mas me jogar isso na cara agora não vai mudar nada. Tá, eu sabia de alguma forma que tinha 90% de chance de não dar certo mas mesmo assim preferi tentar. Quebrei a cara mais uma vez, mas poxa, meu coração já tá doendo tanto, to me sentindo fraca, to precisando de colo, será que você pode me dar só isso? na maioria das vezes, nessas horas a gente quer um abraço, um cafuné. Um carinho para sentir que por mais que tenham pessoas que machucam, também tem as que fazem bem. E o papel te dá esse abraço gigantesco. Ele te ouve. Esvazia o coração, revive um amor, uma emoção, estrela um filme de Hollyhood, ou talvez conta uma dor que tá quebrando o peito. Coloco uma música, uma xícara de café não mão, e ali fico horas contando histórias, coisas que vivi, outras que alguém já viveu. Sentimentos que machucaram o coração mas também aquelas pessoas que são um presente de Deus em nossa vida e chegam só para nos mostrar que ainda vale a pena amar … Eu sonho, eu canto, eu danço, eu amo … O papel é a minha fiel companhia para todas as horas … 

Dedicado a minha flor de leitora Vitória Diniz …

Foi exaustiva essa competição …

Não sei quantas vezes tive que bater de cara na parede para entender que ela não vai sair de lá só porque eu quero que ela saia Não adianta, não posso mais ficar puxando essa corda sozinha … Minhas mãos passaram de avermelhadas a roxas. A dor tá caminhando por todo o corpo. Foi exaustiva demais essa competição Chega, to tirando meu time de campo, assinando minha carta de demissão hoje mesmo e quero fazer isso agora antes que eu perca a coragem. E quero aproveitar e falar tudo que está entalado aqui a muito tempo. Me dói, me dói sim ver que mesmo com tudo que faço por você, você prefere alguém que nem se importa se vai ter ver amanhã ou não. Me dói sim ver que o teu sorriso é maior para alguém que te ignora do que para mim que fico feito uma boba com aquele telefone na mão esperando uma mensagem tua. Dói ver que mesmo que eu faça e faça e refaça e faça mais um pouquinho, e me entregue completamente,nada adianta. Meu Deus eu já perdi as contas de quantas vezes eu caí, mas levantei e continuei por tua causa, para tentar de novo nós dois.E todas elas bati de cara na parede mais uma vez. Eu já perdi as contas de quantas vezes eu gritei de dor no travesseiro porque ela tava me matando Quantas vezes eu fiquei sentada ali na beirada da cama olhando no espelho, com as lágrimas passeando pelo rosto e perguntando a mim mesma Porque eu ainda continuo aqui? me chamei de burra umas cem mil vezes por ainda tentar. Quantas vezes ouvi das pessoas que não era para ser … e tinha que aguentar o coração se partindo em mil micro pedacinhos fazendo birra que não queria ir embora, mas o pior e que eu sabia que aquilo não ia dar em nada, talvez era isso que mais me machucava … Foi exaustiva essa competição. Eu to cansada, as marcas estão por todos os lados e não tem mais como esconder. Eu até conseguia mas você fez tantas outras que elas foram se acumulando e ficou impossível disfarçar com a maquiagem, dos olhos e do coração…  é porque para você já não deve ter mais graça não é, você deve ser um daqueles jogadores de plantão. Fazem de tudo, movem o mundo para conquistar. Mas quando finalmente conseguiu o objetivo, já chegou no ponto final, para que continuar não é mesmo? e então partem para outra sem ligar a mínima se deixaram um ou dois corações se contorcendo de dor por aí. Não tem mais graça … chega, parabéns, você conseguiu. E estou indo embora. Chega de ficar pelos cantos mendigando o teu amor. Uns beijinhos sem cor. Só por diversão. Tem sim importância, e eu vou começar dando ela a mim não a você. Eu sou inteira demais para ficar aqui. É por isso que eu estou indo embora. Eu não mereço isso, você sabe que eu não mereço. E se você não pode dar a devida importância que eu mereço, então não devo ficar aqui … Adeus moreno, vou embora agora … 

Desktop

Eu gosto da pessoa errada, e isso dói … 

Eu gosto da pessoa errada, e isso dói  ou melhor, a pessoa certa. Ela já foi a pessoa certa um dia, mas não é mais. É isso que o coração nunca aceitou … a nossa separação foi muito dolorosa para mim. Me arrancaram de perto dele sem poder me me defender. E o pior, foi ele mesmo que fez isso, ele foi embora. Eu fiquei lá me debatendo gritando que o amava mas nada adiantou. Eu tentei de tudo, cai diversas vezes que já tinha perdido a conta, lutei tantas vezes que já tinha perdido as forças. Algumas vezes mesmo dizendo que não ia mais fazer isso, no outro dia eu respirava fundo e ia de novo. Eu me enchia de esperanças e ele cortava tudo aqui dentro com uma simples palavra. Mas nada adiantou … O tempo passou mas o vento não apagou o que eu sentia. Eu amo a pessoa errada, ou melhor, a pessoa certa, foi a pessoa certa, hoje não é mais … e isso dói. Dói você ter importância de apenas mais uma para quem tem uma importância gigante aqui no coração. Dói ver o desinteresse, doi ver que para ele eu já passei a muito tempo. Dói ver que não faço diferença, não tenho preferência. Não é a mim que ele chega quando precisa de um abraço amigo e também não é em mim que ele pensa todas as noites Dói porque a gente sempre tem esperança mesmo lá no fundinho que ainda é para ser, mas quando a gente percebe que não é, dói demais e os olhos escorrem. Escorrem lágrimas que vão passando por todo o rosto, até chegar no pescoço, marcando cada pedaço dolorido. Aquelas faixas de pele que um dia as mãos dele tocaram, elas quiseram tanto esse corpo, mas hoje não querem mais. Hoje, só quem sente sou eu. Só quem ainda ama aquele rostinho lindo sou eu. Hoje só o meu corpo que amolece todinho e só quem transborda com aquele abraço sou eu. O sentimento ficou no passado, e eu preciso aprender a deixar ele lá … mas é tão difícil, eu ainda não entendi muito bem como faz. Como que eu te arranco daqui de dentro moreno? o que eu faço com tudo isso que sinto? uma pergunta que tenho me feito à alguns dias é ” porque que esse amor ainda tá aqui?” porque mesmo com tudo que aconteceu e você me mostrando constantemente que não sente o mesmo, eu ainda continuo sentindo. Porque coração? porque gosta de sofrer? porque não acaba logo como esse amor? coração bobo. Dói, ver que você é apenas um pedaço, para quem é seu mundo … 

Desktop

Eu só queria sentir que faço diferença na sua vida …

Desculpa moreno, cê sabe que eu não faço por mal. Também sabe que eu gosto muito de você. Se não gostasse, talvez não estivesse mais aqui. Talvez não tivesse tido tanta força para levantar tantas vezes como levantei. É moreno, foi difícil. Mas, eu nunca gostei do mais fácil mesmo. Sempre preferi o difícil Moreno, cê sabe que eu não faço por mal e que eu te amo. Eu gosto muito de você. E quando digo gosto, não estou falando apenas dessa coisa carnal de beijos e sexo. Eu gosto de coração, de verdade. Eu amo a nossa amizade, a gente construiu um carinho muito lindo meu amor, eu gosto muito dele. Você se tornou um dos meu melhores amigos, mesmo que, embora eu não queira ser só tua amiga, ainda é difícil para mim não poder te ter. Mas você se tornou um dos meu melhores amigos, uma das pessoas mais próximas que tenho e que eu mais confio. Com você eu sinto uma paz, um refúgio. Você é um tipo de porto seguro sabe, ali eu sei que eu vou ficar bem e ganhar aquele cafuné que eu tanto amo. Sem pressão, ou mais nada. Só amor, só carinho, abraço e beijinho. Eu amo tudo isso. Desculpa meu amor, cê que eu não faço por mal, eu gosto muito de você. Só que as vezes, sinto que não tenha a mesma importância para você. As vezes cê dá a entender, que se eu estiver ali tudo bem, mas se não estiver tudo bem também. As vezes tenho a impressão de que se eu for embora, você nem vai perceber. Ou que não vou te fazer falta; Isso me machuca, machuca demais. Cê nem faz ideia do quanto, porque para mim você faz falta, uma falta enorme. Sei lá sabe, eu só queria ter a sensação de que faço diferença na sua vida, a vezes só queria te ver vir falar comigo. Me procurar por aí, dizer que tava preocupado, que não queria que eu fosse embora, que eu sou importante. As vezes eu faço birra, só para ver se você vem atrás. Saio correndo, digo que não to nem aí mas na verdade to morrendo de vontade de te ouvir gritar o meu nome me pedindo para esperar Eu queria que teu coração batesse forte ao me ver passar, ver teu olho brilhar quando olha nos meus. Eu queria sentir que eu mexo, pelo menos um pouco aí nesse seu coraçãozinho Mas sei lá, esse é o problema. Eu não sinto, eu te espero mas você não vem. Sei lá, manda um sinal de fumaça, aparece na frente da minha casa, dá um Oi que seja, mas  mostra que se importa comigo moreno. Me mostra que eu faço diferença na tua vida. Me faz acreditar que ainda vale a pena estar aqui. Mostra? acalma esse coração moreno, acalma

Desktop